Dica de restaurante especial: Cipriani, no Copacabana Palace

07/04/2016  •  Por Rodrigo  •  Gastronomia, Rio de Janeiro, Viagem, Vinho

A Thereza já contou nesse post aqui, que outro dia celebramos nossos 4 anos de casamento no Copacabana Palace e por lá tivemos um jantar incrível no Cipriani e, como o meu assunto é comida e vinhos, falarei hoje sobre esse jantar especial!

Considero o Cipriani o lugar ideal para ocasiões especiais, pois consegue juntar um estilo sofisticado a um ambiente intimista e aconchegante. Desde o piano bar, onde você pode experimentar os mais variados e deliciosos drinks (experimentem o Belini), até o serviço impecável e atencioso.

Cipriani_ambiente-1050x700

A decoração é um caso à parte, salões amplos no estilo clássico proporcionam uma atmosfera especial, isso sem falar na vista da piscina mais charmosa do Rio.

Fizemos o menu degustação harmonizado, que é uma excelente opção. A cozinha do Cipriani traz o melhor da gastronomia italiana, com pratos cuidadosamente desenvolvidos por um chefe vindo diretamente da Itália. O mais interessante é que, mesmo com a sofisticação e criatividade empregados nos pratos, o sabor é que vem em primeiro lugar. O foco é encantar as papilas gustativas.

cipriani copacabana palace

No menu degustação, você tem a oportunidade de viajar pelos melhores sabores do país da bota e os vinhos, ahh os vinhos! A seleção não poderia ser melhor, unindo dos tradicionais aos mais inusitados e difíceis de encontrar.

O serviço começou com pães artesanais variados, acompanhados de azeite, manteiga e tudo o que tem direito. É bom não se empolgar muito, pois os pães são tão bons, que é capaz de você se satisfazer antes da hora (isso é a cara da Thereza). Logo depois, recebemos uma entrada de boas-vindas com uma fina fatia de robalo super delicada que fez a expectativa só aumentar.

cipriani 2

A segunda entrada foi algo surpreendente, mozzarella de Búfala com tomate cereja e manjericão, mas o que surpreenderia numa caprese? A cremosidade do queijo, os tomates reconstruídos numa espécie de gelatina e o manjericão em forma de sorbet. Que combinação de texturas!

O primeiro prato teve uma combinação de sabores espetacular. Scialatielli, que é uma massa fresca e leve da região da Campana, com alcachofras, linguiça caseira e queijo pecorino. A leveza da massa com a intensidade da linguiça e a picância do queijo não sairão da minha memória. O vinho foi um branco da raríssima denominação ‘Est! Est!! Est!!!’, com a mineralidade e frescor necessários para combinar com tantos sabores diferentes.

cipriani 3

O segundo prato faria qualquer um salivar, risotto crocante com lagostins e açafrão. Impressionante a textura do risotto. O vinho não poderia ser mais inusitado e gostoso, um autêntico vinho laranja, sim, esse é um estilo de vinho comum no leste europeu, no qual as uvas brancas são vinificadas com as cascas e amadurecidas em ânforas.

O que degustamos foi da região da Sardenha e seus aromas de tangerina e damasco amaciavam o paladar para os suculentos lagostins.

cipriani 4

Quando pensava que não tinha como ficar melhor, eis que me surge meu prato favorito na vida, Ossobuco com salsa de limão siciliano que ainda veio acompanhado de cogumelos porcini e risotto de parmesão. A carne, que desmanchava na boca, era tão rica em sabor, que só mesmo um espetacular vinho Ripasso, do Vêneto com seus aromas maduros de uvas passas e chocolate harmonizaria com tamanha perfeição.

Olha que ainda tem a sobremesa! Esfera de chocolate e frutas vermelhas com calda de caramelo e especiarias, tão boa que a Thereza nem fotografou (mas fez Snap). Um detalhe, a calda não vem no prato, ela é despejada na bola de chocolate que derrete se misturando às frutas no melhor estilo food porn.

Pois bem, o Cipriani é um daqueles restaurantes que melhor pode acolher seu momento especial. Você não precisa estar hospedado no Copacabana Palace pra poder aproveitar essa incrível gastronomia e viver uma experiência que vai ficar na memória. Seja um aniversário de casamento, comemoração entre amigos, enfim, vez ou outra nos permitimos ocasiões assim e vale muito a pena!

Uma noite no Hotel Copacabana Palace

21/03/2016  •  Por Thereza  •  Viagem

No último dia 10, Rodrigo e eu completamos 4 anos de casados, vocês acreditam? Falo isso, porque quando postei no Insta, muita gente se espantou com o tempo e a ficha caiu de que vocês lêem o Fashionismo há bons anos, hein!? O tempo voa e foi muito bom compartilhar tudo por aqui do meu momento bridezilla (vale rever esse post aqui da decor)!

E quer lugar melhor para comemorar bodas de flores e frutas, do que o cenário do enlace? Pois bem, imagina nossa emoção ao passar uma noite no Copacabana Palace, local onde tudo foi oficializado & celebrado! O Hotel nos convidou pra passar dois dias para revivermos os bons momentos e termos uma mini honeymoon.

copacabana palace noite

Da arquitetura icônica (tombada pelo Patrimônico Histórico Nacional) aos restaurantes estrelados, taí excelente opção pra comemorar uma lua-de-mel ou ocasião única. Se você não for carioca, vale aproveitar uma oportunidade especial – ou um final de semana qualquer – pra passar uma noite no hotel mais famoso do país e um dos cartões postais mais bonitos do Rio.

E se você é carioca e quer passar um dia num dolce far niente, é possível optar pelo Day Use e aproveitar um dia delícia na piscina! Você pode usar as instalações do hotel e ter um bom dia de descanso ou atividades intensas. No site do Copa tem mais infos do formato day use, que é super comum lá fora e por aqui é uma excelente sugestão para um dia especial.

copacabana palace day use

E tem algo que eu já falei aqui e acho muito importante, porém não muito comum no Br: aproveitar os restaurantes de hotel! Mesmo se você for daqui, vale marcar uma reserva pra conhecer uma gastronomia especial e ainda passear por um ambiente que te dá aquela sensação de estar viajando.

No Copa, tem o asiático Mee (já teve post aqui) e o italiano Cipriani, ambos com estrela Michelin, sem contar o Pérgula, restaurante debruçado sobre a piscina mais badalada da cidade e cenário perfeito para um café da manhã ou almoço estrelado.

copacabana palace restaurante

Demos sorte, que no 1º dia o tempo estava perfeito e não fizemos nada além de relaxar na piscina e almoçamos um delicioso ceviche de robalo com champagne! No final do dia, passeamos pelos salões do Copa onde foi o casamento e Rodrigo ainda me impressionou tocando um pouco de November Rain no piano que tinha por lá, essa foi a música com a qual entrei na cerimônia e muito marcante para gente!. Já o jantar, menu degustação incrível do Cipriani e que terá post especial em breve.

No dia seguinte, café da manhã reforçado e um tour pela academia, spa e quadra de tênis (que eu nem sabia que tinha, mas tem!). O hotel é daqueles que tem instalações que te fazem querer usar cada espaço, mas quando se tem uma suíte incrível como a deles, não dá nem vontade de sair do quarto!

copacabana palace acomodacoes

O Copa é de 1923 e há 3 anos teve uma grande reforma, que manteve toda sua história e aspectos clássicos, mas trouxe um lado mais contemporâneo e um quê Belmond especial. Os ambientes são puro decorismo e muito aconchegantes, sem contar que a paisagem da Praia de Copacabana é de tirar o fôlego e, me arrisco a dizer, a vista mais bonita do mundo! E tudo isso perto de casa, seja você carioca ou de qualquer cidade, vale se hospedar ou visitar essa beleza de cenário.

copacabana palace honeymoon

Para mais fotos, infos e pacotes especiais, vale visitar o site do Copacabana Palace para se informar!

DICA DE HOTEL EM PARIS: RENAISSANCE ARC DE TRIOMPHE

19/10/2015  •  Por Thereza  •  Viagem

Minha primeira vez em Paris foi aos 15 anos com meus pais e desde então fui à cidade algumas vezes e já fiquei em hotel de vários estilos, mas sempre na mesma região Madeleine/1er Arrondissement, porém nessa última viagem fiquei num bairro diferente e num hotel que é a cara de Paris, seja pela Rede, quanto pela arquitetura.

parwg_main01_r

Já imaginou ficar hospedada num hotel que foi projetado por um dos seus arquitetos favoritos? Pois bem, o Hotel em questão é o Renaissance Arc de Triomphe, que foi desenhado, nada mais nada menos, que por Christian de Portzamparc! Os arquitetos certamente sabem da sua importância e história (ele é vencedor do Prêmio Pritzker, o Nobel da arquitetura) e quem não está ligando o nome à pessoa, além de vários projetos pelo mundo, ele é autor da Cidade da Música aqui no Rio, também conhecido como meu último emprego antes de virar blogueira fulltime hehe

RENAISSANCE-PARIS-ENTRADAS

O Renaissance Arc de Triomphe fica localizado na Avenue de Wagram, uma das 12 ruas que ‘desembocam’ no Arco do Triunfo e a janela do meu quarto tinha vista desse memorável monumento. A localização do hotel é incrível, a poucos passos você está no Arco, logo, na Champs Elysées e indo pra outra direção você andava por um dos bairros residenciais mais charmosos da cidade e gosto justamente dessa localização por esse mix de se sentir um local, mas ao mesmo tempo estar na principal região turística.

Outro destaque da nossa estada, o atendimento! Nós sabemos que os parisienses podem ser bem blasés e formais, mas nunca vi um hotel com staff tão solícito e atencioso! Eles eram gentis, simpáticos e nos deram boas dicas da cidade, tão bom quando um serviço de concierge nos dá sugestões fora do óbvio.

RENAISSANCE-PARIS-REST

A parte gastronômica foi um caso à parte, nos dias que ficamos lá, estava rolando degustação de queijos franceses (pensa na delícia!), além disso o café da manhã era típico francês e com muita fartura. Falando das delícias locais, a carta de vinhos era ótima e o sommellier nos deu aula sobre o tema. Além do bar do hotel, o Renaissance conta com o restaurante Makassar, que à noite ficava bem badalado e tinha decor linda!

Sobre os quartos: um sonho! Amplos, novos, arejados. Hospedagem em Paris pode cair pro lado de hotéis antigos e carentes de reforma, esse não, é moderno (o hotel foi inaugurado há apenas 6 anos) e tem todas aquelas amenidades e funções que queremos num quarto de hotel, de tomada próxima a uma bancada de banheiro que caiba nossas makes & afins.

RENAISSANCE-PARIS-QUARTOS

Já tinha ficado no Renaissance São Paulo recentemente (postei aqui) e a rede só reforça o diferencial de excelente atendimento, estilo e sofisticação na medida, pois no final das contas só queremos uma cama macia e aconchegante pra dormir e a de lá foi o ninho perfeito pro final da viagem!

O fator design/arquitetura já é meio caminho andado, mas o hotel é pacote completo! Pra quem busca um hotel bem localizado, de grupo tradicional, mas com aspecto moderno, vale visitar o site do Renaissance Arc de Triomphe para ver mais fotos dos quartos e dependências gerais.

Página 5 de 41« Primeira34567Última »