Dua Lipa e o cabelo bicolor anos 90: devemos nos preocupar?

28/01/2020  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

O ano era 2017, uma cantora com nome diferente, visual à la anos 90 e uma música viciante que nos ensinava novas regras sobre relacionamento: fez-se Dua Lipa!

A inglesa de ascendência albanesa virou febre, hitmaker instantânea e logo ocupou o espaço carente no mundo pop. Junto com músicas incríveis, veio um dos seus maiores feitos, o visual! O cabelo extra curto e cheio de personalidade foi o ingrediente perfeito pra uma simples cantora virar… fenômeno.

    dua lipa cabelo bicolor

Depois disso, foram hordas de celebridades a adotarem o cabelo à la Dua Lipa! De Bruna Marquezine à sua vizinha (certeza que você tem uma vizinha com o corte curtinho), o modismo veio junto da era dos cabelos médios, mas esse era curto mesmo e muito estiloso!

O estilo, podemos dizer, virou um clássico! Muitas brasileiras deixaram o cabelo longo de lado e o curtinho virou o “novo normal” e tudo mérito de Dua. Agora depois da era New Rules, o que temos?

Uma nova Dua Lipa, novas músicas, álbum e, claro, UMA NOVA ESTÉTICA! E é aí que mora o “perigo”! A cantora foi tão certeira no cabelo – e também visual todo bem esportivo – que agora ela já mostra a que veio  de forma bem clara e contundente! Como no último domingo no Grammy:

dua lipa cabelo bicolor

Cabelo bicolor dos anos 90!

Isso mesmo,

CABELO

BICOLOR

NOVENTISTA!

dua lipa cabelo bicolor

O cabelo segue nos ombros (uns 2 dedos mais compridos), com a parte de cima loira marcada e ainda com 1 dedo de raiz e a parte inferior preta. Em defesa da Dua Lipa, quem quer se destacar na música atualmente, precisa muitas vezes focar numa estética, numa mensagem, numa linha editorial fora do comum, distante do “padrão”.

dua lipa cabelo bicolor

Essa estética era comum nos anos 90 com Geri Halliwel, Gwen Stefani e Cristina Aguilera e também  no dia a dia de muitas brasileiras que faziam aquelas luzes bem marcadas… mas só na parte de cima! Agora em nossa defesa… pode ser um perigo!

Esse estilo “radical” de Dua vem bem numa era na qual de fato as mechas marcadas com tirar fininhas voltam com tudo depois de uma geração de cabelos ombrés e raízes esfumadas. Uma que já usou essa técnica foi a própria cunhada da Dua, a top model e hitmaker de tendências, Bella Hadid.

dua lipa cabelo bicolor

Agora seja mais ou menos radical, mais conceito ou vida real, o tempo vai nos dizer se Dua Lipa vai ditar mais uma geração capilar, será?

 

Máscara de Quartzo Rosa

14/01/2020  •  Por Thereza  •  Beleza

Em 2017, o rolinho de Jade (e outras versões similares, mas com a mesma função, como o da Nurse James) se tornou sensação numa era em que o skincare vivia o seu boom, logo, mil variações de cuidar da pele! Na época, fiz esse post aqui e contei que ele é um apetrecho de beleza milenar, mais precisamente do século 7!

O rolinho de jade é uma ferramenta antiidade poderosíssima, pois foi descoberto há milênios que a pedra jade tem esse poder de cura, também desinflama, desincha a pele e ainda tira o aspecto de cansada.

Quando se tem uma “boa ideia”, como a gente faz pra aproveitar? Suga o máximo possível! Depois do rolinho, vem aí as máscaras de Jade! Quer dizer, elas já são hit na gringa, tudo por conta da sua eficácia e relaxamento. O tratamento, chamado “Self Love Mask”, foi desenvolvido pelo badalado SPA, Angela Caglia, em Los Angeles, frequentado por nomes que vão de Rachel Zoe a Sting. O tratamento custa a bagatela de U$800 e sabe de onde vem as pedras de jade? Do Brasil!

máscara de jade

“O frio das pedras ajuda na drenagem linfática, atenua as olheiras e aumenta o fluxo sanguíneo para menos inchaço. Especialmente quando o cliente está deitado, é mais fácil drenar a retenção de líquidos através dos gânglios linfáticos, graças ao posicionamento das pedras na face. Também ajuda a acalmar a vermelhidão e a irritação no contato, da mesma forma que um cubo de gelo faria. (menos todo o derretimento), para que o esteticista o aplique após tratamentos faciais mais intensos, como peelings e lifting.”

O tratamento fez tanto sucesso que não só a Angela Caglia, como a Skin Gym, marca que tem vários apetrechos nessa pegada, lançaram sua Jade Mask, que tem essa mesma função, porém com foco na área dos olhos. Segundo eles, o produto tem esse mesmo ideal de drenar, desinchar e atenuar as olheiras.

máscara de jade

Enquanto um custa U$140, o outro é mais “acessível” e sai pela bagatela de U$48. o bônus do produto fica com o fato dele ser muito usado em momentos de meditação e, de quebra, muita gente mantém a máscara na geladeira pro serviço ficar completo! Acho que em 2020 falaremos cada vez mais desses produtos que aliam o bem-estar no lado do cuidado de pele, mas também de meditação e sempre no autocuidado. Curtem?!

Água de arroz no cuidado com a pele

08/01/2020  •  Por Thereza  •  Beleza

Á água de arroz é muito popular na cultura DIY de skincare japonesa, chinesa e coreana há séculos. Aqui no Brasil, já ouvi falar nessa função mais para os cabelos, mais precisamente crescimento dos cabelos! Agora mais recentemente tenho visto a febre do arroz (e sua água!) nos produtos de skincare, sem dúvidas que será um ingrediente muito falado em 2020.

Marcas como a badalada Tatcha, Origins, Tonymoly e Skinfood tem seus produtos com arroz entre seus principais ingredientes. Segundo dermatologistas entusiastas do grão, água de arroz é rica em minerais, antioxidantes e vitamina B e E. Seu foco principal é no fator antiidade, atenuando a aparência de linhas e rugas. Ele também ajuda na hiperpigmentação da pele, bem como marcas de acne e até de sol.

Aqui no Brasil não conheço nenhum produto com arroz entre seus principais ingredientes, mas quer começar o ano novo com um diy natularérrimo? Aproveita a água do arroz da sua própria rotina gastronômica rsrs. Deixe o arroz de molho por 20 minutos e sabe a água esbranquiçada e turva?

Pois bem, fez-se a água de arroz que você pode aplicar no seu rosto, seja embebida num algodão ou diretamente numa imersão facial. Lógico que, apesar de ser algo totalmente natural, fale com sua dermatologista e depois faça o arroz, hein!

 

Lá fora esse diy é bastante usado na etapa de limpeza facial matinal e até mesmo no passo 2 do seu double cleanse.  Ele funciona muito bem para todos os tipos de pele, especialmente para as peles secas e com manchinhas. Pra quem gosta de um DIY natural, vale tentar! Eu vou!