AS MAIS
LIDAS!

De onde vem as tendências de moda: dos modismos aos novos clássicos

11/10/2019  •  Por Thereza  •  Tendência

Você sabe – tecnicamente falando – quanto tempo dura uma tendência? Os experts na área de coolhunting dizem que elas variam de 2 a 5 anos, mas arrisco dizer que atualmente, nessa era digital, a timeline mudou… pro bem e pro mal.

E o retorno de uma tendência? Se antigamente demorava 20 ou 30 anos para o ciclo recomeçar, agora em 7 ou 10 elas já voltam. Um bom exemplo é o neon, em 2009 ele estava em todas, 10 anos depois, olha ele aí novamente! Abaixo tem dois pontos de vista que enxergo dessa geração da tendência em tempos de digital e profusão de informação.

MODISMO SATUROU GERAL

Chega a tendência, você vê espalhado RAPIDAMENTE (veja bem, é muito rápido) por desfiles > revistas >> veículos de moda >>> streetstyle >>>>> abismo >>>> loja. É tudo tão rápido, interessante, instigante, bombou, já tem brusinha na Renner, saturou… próxima!

Esse é o lado “ruim” de uma tendência em tempos digitais. Ela vem muito rápido, a gente mal tem tempo de analisar, se inspirar e, quando chegar lá na ponta da cadeia da loja fast fashion (que tá deixando de ser fast)… você talvez nem queira mais ou perdeu o timing.

TENDÊNCIA TRANSFORMADA EM CLÁSSICO

Mas tem o lado bom dessa cadeia de tendências, elas vem, seja da maneira que for, há tempos não usávamos, chegou, viralizou…. curti, me encontrei… e vou usar pra sempre, é O NOVO CLÁSSICO!

Um bom exemplo é até mesmo nossa tradicional tag  da retrospectiva “Tendência clássica”, costumo dizer que é aquela que veio pra ficar, mas vamos usar por mais que uma temporada e incorporar ao nosso armário.

Alguns exemplos clássicos recentes que já saíram daquele ciclo da tendência, mas seguem forte: o tênis. Sim, podemos encaixar o tênis casual no fator ex-tendência, novo clássico. No post anterior contei que pra mim o item é o clássico do milênio e, se a gente parar pra pensar, não era TÃO usado (além de fatores, digamos, aeróbicos) 10 ou 15 anos atrás. Além disso, pense até mesmo no linho, na calça clochard ou culotte e por aí vai, tendências que vieram pra ficar e, tudo isso, graças à internet, democratização e possibilidade da gente transformar qualquer modinha da vez em ESTILO PESSOAL!

E sabe de onde vem essa nossa tal evolução pessoal? Autoconhecimento, liberdade, até mesmo a informação de moda vem a nosso favor, ficamos maduras, interpretamos tendências, tiramos o melhor do modismo, “ah, nesse verão vou comprar uns tops de neon, pq sei que só vou usar nessa temporada” e tá tudo bem, e por aí vai!

Podem ter dúzias de bureaus, centenas de estilistas e milhares de fashionistas, mas cada vez mais estamos no domínio  e comando das tendência e interpretando-as À NOSSA MANEIRA! É uma época boa pra moda da gente.

Espero que tenham curtido a série de posts!

 




Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

1 Comentário
  1. Carla - 12/10/19 - 18h46

    Parabéns pelos posts, foram maravilhosos. E que bom q a moda está assim ☺️

    Responder