Desejando Saint Laurent!

14/01/2015  •  Por Thereza  •  Compras, Moda

Sempre quando começo a planejar uma viagem, faço um outro planejamento: a compra-investimento! Uma bolsa, um sapato, algo que me faça pensar duas vezes antes de entrer na Forever 21 e investir em algo de fato e que vá durar uma década a mais que as viscolycras das fast fashions.

Já postei sobre esse tema várias vezes e cada vez mais endosso a prática de compras conscientes. E já que isso acontece uma vez na vida e outra na próxima viagem, tem uma marca que faz meu coração fashionístico acelerar!

ysl

YVES SAINT LAURENT! Meu Pinterest me denuncia, estou num caso de amor com a marca! Enquanto os blazers e jaquetas a la Kim West são um sonho um pouco mais a longo prazo, eu não resisto a uma bolsinha deles. Ano passando em LA comprei a Cassandre (e postei sobre a bolsa aqui). Mas agora eles estão criando um hit atrás do outro e eu quero tudo #aloka!

O que eu mais gosto da marca é porque ela é cool, ela é {pausa para uma palavra em inglês} effortless e sem aquele peso de uma Chanel ou Dior. As bolsas da YSL tem a história francesa, mas com um toque mais moderno, já que a marca passou por uma transformação (tirando o Yves, mas mantendo o YSL) 3 anos atrás.

Fui no site deles fazer uma wishlist imaginária, quedize, peguei os principais modelos e compartilho aqui:

1ysl-bags

LULU BAG! É minha favorita do momento. É uma bolsa bem sofisticada e quem não tem um nome gritando, sabe?! Pra quem gosta de impacto, a Chain Wallet é minha outra favorita e exatamente nessa cor, pink :)

A Sac de Jour é a mais famosa e a versão croco (é em relevo, mais barata, mas com aspecto ryco) é muito linda, já vi ao vivo e é tipo de impressionar. Esse modelo Sac de Jour vem em inúmeras outras cores e tamanhos, da nano até a jumbo.

As Cassandres são muito fofas, seja com tassel ou a de animal print, tem uma boa variedade de cores, tem vezes que uso essa bolsa até pro dia a dia, porque gosto de bolsa com alça comprida e mais enxuta. Essa Monogram Croco também é fofura e olha, 3 dígitos só hehe (isso se você comprar em Nova Jersey, sem taxas).

A Monogram clutch é um clássico pra festas e afins e a versão grande satchel é muito linda, adorei a cor marrom, não tenho bolsa nessa cor e achei chique.

Por fim, as mais recentes, essa Moujik é MUITO chique minimal, gosto do nome bem discretinho, para poucos entendedores e a Bucket Bag é só amor, a versão cinza é linda!

SAINT-LAURENT-LOVE

Vocês também curtem o estilo das bolsas YSL? Se tivessem que escolher uma (ou duas ou três), qual seria?

Bolsa desejo: Cassandre de Yves Saint Laurent!

15/04/2014  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Moda

Bolsas, quem não ama? É meu item de moda favorito, daqueles que vale o investimento e meu mural do Pinterest é prova viva dessa minha paixão e eu faço aniversário dia 19/05, risos. Por lá, sempre dou belas pinadas em bolsas que estão na minha wishlist ou apenas em sonhos mais distantes. E em LA comprei uma bolsa que muito figurava por lá e agora uso por aqui: a bolsa Cassandra da (Yves) Saint Lauren (Paris)!

BOLSA SAINT LAURENT CASSANDRE

A minha é a vermelha e virou meu xodó vigente (que se oficializou depois desse post do Futi), não largo ela pra quase nada! E vocês sabem que em 2012 a marca Yves Saint Laurent mudou de nome para Saint Laurent Paris e tudo arte e projeto do designer – que não é/era muito unanimidade – Hedi Slimane.

Depois da troca, houve muita polêmica e críticas de que uma marca como YSL poderia perder sua identidade com uma transformação tão impactante feito essa. A resposta de Hedi? Essa espécie de homenagem (uns dizem indireta mesmo) com o lançamento desse modelo de bolsa que leva o famoso logo da marca e que depois da mudança de nome só era visto na linha de beleza.

O logo YSL foi criado pelo designer francês Adolph Mouron Cassandre em 1961, daí o nome homenageando o artista e provando que o legado de Yves está mais vivo que nunca. A bolsa vem em diversos tamanhos e modelos, seja com o tassel, sem tassel e ainda versão clutch, mas sempre com a placa YSL como destaque!

Saint laurent bolsa modelo

Não são lindas? Eu tô apaixonada por elas e depois de saber da história, mais ainda! Eu queria comprar a minha com tassel, mas eu queria principalmente na cor vermelha e com detalhes dourado – acho tudo a ver com a marca – só que na loja de LA não tinha, então foi sem tassel mesmo, o que acho que fica melhor pra quem quer usar a bolsa também durante o dia – um dia mais caprichado, eu sei! – porque parece que o tal tassel deixa ela mais pra noite.

Além das cores clássicas como vermelha e preta, pra essa temporada vi laranja e pink, tudo neon, postei até no insta na época, mas não sei porque, mas acho que a marca combina com cores mais sóbrias, pode ser frescura, mas é critério de compra :)

saint laurent who wear

E à primeira vista, quem acha que é uma bolsa exclusiva pra noite, super se engana. Achei ela coringa pra quem gosta de uma mini bolsa, mas que cabe um celular e otras cositas más! Diferentes daquelas WOC – wallet on chain – da Chanel e Prada, a da YSL é mais bojudinha e cabe bem mais coisa.

Agora olha quantos looks legais com a bolsa, do jeans-com-jeans, passando pelo casual, clássico, charmoso, sexy e, logicamente, look festa. Com o sem tassel, pra quem gosta de uma bolsa mais “aparecida” e logomania feelings, vale conhecer essa de perto :)

Agora vamos falar de preços? Infelizmente não rola de fazer o famoso “quer pagar como” porque não tem YSL no Brasil, mas se alguém quer investir-na-bolsa, essa não é as das mais caras caríssimas.

BOLSA SAINT LAURENT PRECO

Os preços acimas são sem acréscimo de taxa nos EUA ou detaxe na Europa, o que pode variar – pouca coisa – é entre uma cor especial ou material, mas o site da YSL é ótimo e tem preço de tudo. A minha é essa pequena (do tamanho da laranja que eu fotografei por lá e agora tô começando a me arrepender #taurina) e achei o tamanho ótimo, a alça é compridona e grossa e o espaço é na medida das suas necessidades.

Daquela nossa série de posts com as woc da Chanel e Prada, esse é um modelo com tamanho upgrade, preço na mesma faixa e história que já vale a compra (bom, pelo menos eu sou convencida assim. E que minha filha vai herdar, é claro :D).

E vocês, o que acharam das Cassandres? Acham que são um bom investimento e aquisição cheia de história?!