10 Fatos sobre o Baile do Met

01/05/2017  •  Por Thereza  •  Celebridades, Red Carpet

1. Mais que apenas uma festa, o Baile do Met é um evento criado em 1946 para gerar renda para o Costume Institute, ala fashion do Metropolitan Museum. Vários museus criam esses eventos de caridade para gerar renda e apoiar a causa e o Met Gala se tornou o mais proeminente deles, tudo graças ao apoio da Vogue e tendo Anna Wintour como sua grande organizadora e entusiasta, desde 1995. Inclusive, essa ala do museu leva o nome da editora.

2. Desde que Anna+Vogue assumiram o evento, não basta ter dinheiro para estar no Baile, precisa ser alguém. A editora é extremamente rigorosa com a escolha dos convidados e se alguma vez alguém já pisou no calo dela, está pessoa será non grata. Pense no Diabo Veste Prada? No Met ele é personificado. Dizem que nomes como Rachel Zoe e Tim Gunn – ambos com desavenças passadas com Anna – não são habitués da festança.

3. Dito tudo isso, para esse ano, uma mesa custa à partir de U$500.00. No ano passado, o Yahoo pagou U$3mi pelo patrocínio e por 2 mesas, os convidados? Tudo escolha da Anna e não da empresa. Já um ingresso individual vai de U$25.000-50.000, mesmo assim, não basta ter dinheiro, tem que ser alguém de relevante para Anna e que não só paga para estar, mas costuma apoiar a causa do museu.

Geralmente, celebridades, atores e modelos não pagam para ir ao evento, mas fazem ~parceria com grandes marcas ou estilistas que apoiam a cau$a. Tudo isso, claro, com o aval de Anna, pois é ela quem define quem veste quem. Reza até a lenda que ela vê – e aprova ou nega – cada roupa antes.

4. O Baile do Met leva em torno de 12 meses para ficar pronto. Isso mesmo, mal termina um, a equipe exclusiva de Anna para o assunto já começa a preparar outro! Ano passado, foi lançado o documentário “The First Monday  in May” (aqui você consegue assistir), nele dá pra ver a super estrutura do evento em si, que é mais que uma “simples” festa. Pra quem gosta desse universo, programão!

5. Todo ano, Anna escolhe co-embaixadores, para servirem de hosts junto à ela e receberem os convidados. Nomes como Kate Moss, SJP, Taylor Swift, J.Law e muitos outros já fizeram parte. Esse ano, o cargo fica com Gisele Bundchen, Tom Brady, Pharrell e Katy Perry.

Eles, inclusive, ajudam até a montar a lista, sugerir convidados especiais e banir outros. Por falar nisso, a top Coco Rocha, sempre habitué do evento, esse ano foi banida e o motivo? Dizem que ela já falou mal de Katy Perry no Twitter e até agora ela não recebeu seu convite.

Continue Lendo >>

Ronda da Semana #30

28/04/2017  •  Por Thereza  •  Moda

Vamos à nossa Ronda da Semana, mas antes disso, vale lembrar que segunda-feira, em pleno dia do trabalho, é dia de MET GALA! O nosso tapete vermelho favorito, aquele que a gente sonha, se impressiona, admira, aquele que mistura looks ousados, fantasia ou simplesmente uma aula de moda. Então não se esqueçam que teremos live aqui no Fashionismo à partir das 19h, vem comigo!

GOOP DE PAPEL Qual foi a última vez que você ouviu falar do lançamento de uma revista impressa? Bom, eu não lembro bem, mas pra quem achava que o impresso estava com os dias contados, parece que o jogo virou, e com muito estilo!

Gwyneth Paltrow, no seu lado empreendedora, é dona do Goop, site de lifestyle e que aborda assuntos do universo feminino e ela acaba de dar um novo passo. Em parceria com a Condé Nast e Anna Wintour, o Goop vai virar uma revista trimestral e com lançamento confirmado para setembro, aka, já chega no mês mais poderoso e apadrinhado pela editora mais poderosa do mundo. Curiosa por essa empreitada!

MAMA KIM Essa foi mais uma semana polêmica para Kim Kardashian. A sister foi passar uns dias no México e sua bunda foi vista, revista e analisada mundo afora. Bom, como aqui não somos somellières de celulite alheia, minha parte favorita da semana Kim foi sua entrevista para Ellen.

Ela revelou, entre muitas coisas, que North é tão ciumenta com baby Saint, que durante a amamentação Kim teve que colocar um canudinho no leite pra North mamar ao lado de Saint, é mole? Se eu não soubesse que ela é geminiana, arriscaria taurina na certa.

BOM PRA TRABALHAR Anualmente o Business of Fashion publica uma lista com as melhores empresas do ramo da moda para se trabalhar e a desse ano saiu na última semana. Nomes como Adidas, Gucci Farfetch, Zara e H&M fazem parte da seleta lista. Para ver a lista completa e entender os motivos, vale clicar aqui.

BLAKE EMPODERADA E na sexta passada, durante o tapete vermelho da Variety em torno de suas mulheres mais influentes, ao ser perguntada sobre seu look, Blake Lively deu um passafora no reporter e pediu pra falar de coisas mais importantes, como a luta contra pornografia infantil, causa que premiou Blake na publicação.

O “Ask her More” é uma corrente que ganhou força na award season do ano passado, que sugere que as mulheres tenham mais pra falar que apenas a marca do vestido. Ainda que apaixonada por esse universo do tapete vermelho, concordo 100%, acredito que tenha hora pra tudo e aquela era pra falar de algo muito maior.

Bom final de semana!

Os Looks do Baile da Vogue 2017

17/02/2017  •  Por Thereza  •  Red Carpet

Prepare o confete, glitter e purpurina, pois o Carnaval está chegando e não tem aquecimento melhor que o Baile da Vogue! A festa da revista rolou ontem no Hotel Unique em São Paulo e taí evento badalado e que cada vez mais conta com casting bastante exótico, tem de um tudo. Bom pra gente que tá aqui só pelos looks!

Se ano passado o tema “Africa Pop” foi polêmico (vale rever os looks aqui), dessa vez a história é mais popular e sem correr o risco de erros. O “Lady Zodiac” celebra o zodíaco, signos, astros e estrelas, e taí assunto que ajuda na criatividade, vamos aos looks das musas da noite (cada uma com seu signo) e outras convidadas!

baile-da-vogue-2017

Começando com minhas favoritas da noite! Bruna Marquezine foi de leão e achei certeira, fez a menção, mas não foi literal ou até mesmo caricata. O look dourado é muito bonito, a espécie de franja cai bem com o tema e o cabelo ficou leoa, só que chique. Claudia Raia apostou no seu lado capricorniana com chifres estratégicos e um vestido com cauda enorme, achei super bonito e de acordo com a ocasião,

Agora uma dupla que sempre capricha no tema e visual, Adriane Galisteu, ariana, com um adorno de cabeça de impacto, já Sabrina Sato, aquariana, falou que a inspiração é que seu signo “vive no mundo da lua e pensando no futuro”, daí o look futurístico. Eu achei o máximo e é incrível todo seu esforço pra um lacre após o outro, a gente agradece!

baile-da-vogue-2017

Luciana Gimenez foi basicamente com um escorpião carimbado na cabeça, achei o vestido bem bonito e do jeito que o evento pede. Thássia Naves é nossa cota blogueira muito bem representada, ela sempre capricha nas fantasias, dessa vez apostou numa sereia fashionista dourada.

Agora uma dupla quaase “bitch you stole my look”: Claudia Leitte e Giovanna Ewbank similares. Achei a Milk plena, já Gio não amei o aplique (o da sua gêmea é melhor) e a lingerie não tão nude assim, mas valeu o esforço de ambas no quesito adequação ao tema carnaval: dééz (ler com voz do narrador das escolas de samba).

baile-da-vogue-2017

Agora vamos à cota di-bunitas! Aquelas que não querem se fantasiar, mas tão ali pelo clique, pose e look. Ísis Valverde foi belíssima, amei esse tom de azul e o adereço capilar, mesmo que discreto, foi charmoso. Já Alessandra Ambrósio poderia ir com esse look pra qualquer Oscar ou evento similar, achei belíssima e impecável (meu digníssimo falou que foi a mais bonita da noite rsrsrsrs).

Ticiane Pinheiro também seguiu nessa bonita cartela de azul, achei o detalhe do signo como fecho bem simplinho, mas o adereço carnavalesco providencial. Mariana Goldfarb arrasou com o Dior sensação da temporada, JLaw quer o look dela de volta!

Fernanda Motta foi musa de gêmeos, não entendi muito bem direito, mas o vestido é um lacre pra qualquer outra ocasião. Cris Vianna foi belíssima, como fica linda com essa cor, aliás, qualquer cor. Mariana Weickert estava na função repórter e o vestido era interessante. Por fim, Sophia Abrahão com um vestido bem lindo, pena que faltou bordado de paetê pra finalizar a barra.

baile-da-vogue-2017

Agora vamos à parte, “não odiei, mas esperava mais”Fiorela Matheis foi tão simples, que na entrevista na tv perguntaram se ela não teve tempo de se arrumar kkk. Ela disse que sempre quis ir de smoking em um evento assim, mas acho que esse ou poderia ser mais bem elaborado e adornado ou ela poderia deixar esse desjo pra outra ocasião.

Giovanna Antonelli foi de macacão, amo, mas esse não funcionou 100%, a parte da caça ficou estranha e sugada à vácuo, se fosse vermelho e de vinil poderia fazer a Britney que seria sem erro.  Taís Araújo estava linda, representou seu Sagitário, mas achei em movimento estranho, sei lá, queria outra coisa. Por fim, Thaila Ayala, poderia ter ido assim na festa à fantasia da Auslander, a gente queria mais, ninguém mandou ser a maior fashionista que o povo respeita.

baile-da-vogue-2017

Agora a parte decepção total feat bizarro: Luiza Possi muito bem intencionada em representar algum signo, não sei qual, mas esse vestido parece que foi feito de: saco plástico branco de supermercado #sustentabilidade. Cléo Pires, miga, você não ficou muito tempo na festa né, porque com tanta amarração, a perna quase gangrena. O look tem um propósito, em entrevista ela explicou bem, mas achei com cara de improvisado.

Anitta tem andado tinindo no quesito fashionista, arrasando nos looks casuais e de palco, mas eu já vi melhores. A cantora foi a estrela da noite e achei o look qualquer coisa. Ela representava áries e achava que poderia ser mais tchan, ser mais diva do pop que ela é. E Alinne Rosa? Vocês me lembram de colocá-la na enquete de Look do Ano – #SQN #WTF? GRATA.

baile-da-vogue-2017

Finalizando com o uniforme oficial da galera: transparência! Como povo adora um mosquiteiro, muitas vez alta costura ok, mas ainda assim. Vamos aos destaques.

Ana Beatriz Barros representando gêmeos, achei muito linda, delicada e elegante. Isabella Santoni foi com um vestido bonito, mas acho que essa saia merecia mais volume e estrutura, achei que a proposta era boa, mas merecia um complemento. Já a cantora Iza foi um lacre perfeito, tá uma visão, transparência da melhor qualidade. Mari Gonzalez foi transparente quase que literalmente “com esse corpo, amor, dá até pra ir pelada” rsrsrs

Yasmin Brunet foi sereia transparente, achei lúdica. Maria João levou a brincadeira do transparente a sério, achei bonito, mas tem muita informação. Paloma Bernardi foi de Só a Rigor no Baile do Scala, interessante. Por fim, Valesca Popozuda foi com macaquinho e capa transparente. Desculpe o excesso da palavra vocês-sabem-qual, mas me faltam sinônimos.

O que acharam do Baile todo? Qual foi sua favorita? Me conta!