Dia das Mãe no VillageMall

13/05/2017  •  Por Thereza  •  Compras, Publicidade

Se tem um Shopping que eu adoro e posso dizer que é o quintal da minha casa, é o VillageMall! Estou sempre por lá pra fazer boas compras, um jantar especial, pra ir ao cinema ou simplesmente pra fazer o mais nobre ato esportivo de window shopping e de quebra ainda sempre cruzo com muitas leitoras do Fashionismo, enfim, experiência completa <3

villagemall-fashionismo

E nessa terça-feira teve evento no Shopping com o pessoal do F*Hits pra celebrar uma data especial, popularmente conhecida como o Dia Da Mães! O shopping promoveu um dia inteiro de compras e atividades, justamente como forma de aquecimento pra temporada materna de agrado e muito amor.

Cada loja criou sua atividade e entre um passeio e outro, passei a tarde entre a Armani, Michael Kors e Sara Joias, ainda rolaram desfiles que traduziram as tendências vigentes de inverno, aliados à boas sugestões de compras pro Dia Das Mães. No final, ainda teve a noite de autógrafos do livro da Alice Ferraz, Moda à Brasileira.

Seja no Dia das Mães ou qualquer época do ano, o VillageMall é uma opção certeira, com várias marcas de moda, beleza e decoração reunidas. Aliás, ando impressionada com a boa curadoria de lojas do Shopping, várias marcas legais de outras cidades que estão abrindo por aqui e trazendo uma nova moda a solos cariocas.

Restaurante Pipo, do chef Felipe Bronze

02/03/2017  •  Por Rodrigo  •  Rio de Janeiro

Como eu gosto de compartilhar dicas e informações não só de vinhos, mas também de gastronomia, nessa série #DicasdoRio, falarei de um restaurante recém (re)inaugurado aqui no Rio. É muito legal ver a cena gastronômica carioca crescendo dessa forma e com diferentes estilos de restaurantes aparecendo. Quem ganha com isso? Todos nós, cariocas e turistas que vem apreciar nossa cozinha cada vez mais criativa.

restaurante-pipo-felipe-bronze

O Restaurante Pipo, que acabou de reinaugurar, agora no Fashion Mall, tem a cara do seu propritário, o mago das panelas, Felipe Bronze. O chef, já conhecido pelo seu estrelado Oro (já postamos aqui), criou para o Pipo, uma proposta interessante de cozinha contemporânea com uma pegada bem brasileira.

Muitos clássicos da nossa culinária ganham formatos e leituras criativas com elementos, preparos e apresentações fora do usual. Contudo, o principal é que o foco é total no sabor, pois apesar de toda inventividade natural do chef, o gosto em si é o protagonista. Outra coisa legal, é que tudo pode ser compartilhado, e os pratos principais são para duas pessoas comerem bem, super democrático. Das duas vezes que fomos, pedimos entradinhas + prato principal + sobremesa e o preço foi sempre na faixa de R$190-200.

restaurante-pipo-felipe-bronze

As entradas são bem variadas, da Carne de sol a uma maravilhosa releitura de Pão com ovo caipira defumado. Dessa vez, nós fomos de Aipim frito com espuma de queijo coalho (R$21), super sequinho, crocante e com a espuma dando uma cremosidade deliciosa. Depois pedimos Steak Tartare (R$37) com emulsão de abacate e tapioca crocante, mistura criativa e saborosa.

restaurante-pipo-felipe-bronze

Para o prato principal, tenho dois preferidos, a Costela de Boi, que se tornou a melhor costela que já comi, e olha que já provei muitas! Cozida por nada menos que 18 horas pelo método sous vide (técnica de cocção à vácuo), e finalizada na churrasqueira a carvão, a costela dispensou a faca de tão macia que estava. Sério, suculenta ao extremo e com aquele sabor defumado de churrasco. Ainda acompanhava uma farofa de ovo caipira com couve e um tartare fresquíssimo de banana da terra.

Numa outra ocasião, dividimos a famosa Barriga de Porco XO (R$58) com kimchee (acelga em conserva sul coreana), alface, arroz, moyashi e ervas. A barriga, que por muito tempo foi rejeitada e tratada como carne de segunda, tem ganhado status na alta gastronomia pelo seu sabor marcante. Nessa versão do Pipo, ela tem uma crocância maravilhosa, que envolve uma carne macia e desmancha na boca. De comer rezando, recomendo!

restaurante-pipo-felipe-bronze

De sobremesa fomos de Ipê Amarelo (R$23), tufos de algodão doce no formato de árvore com um creme brûlee de baunilha e maracujá. Só a foto já vale! Da outra vez, optamos pela “(quase) Tudo de Chocolate” (R$23) e o nome é bem explicativo, tem bolo, mousse, brigadeiro, calda e sorvete. Enfim, alta indulgência gastronômica.

restaurante-pipo-felipe-bronze

O Pipo é aquele tipo de restaurante pra surpreender da melhor forma, desde a decoração com cozinha aberta, que pra mim é tipo cinema, aos sabores especiais, tudo por um preço honesto. Sem dúvida vale a visita!

8 melhores restaurantes da Barra da Tijuca

05/01/2017  •  Por Rodrigo  •  Gastronomia, Rio de Janeiro, Vinho

Oi, pessoal, as quintas já são conhecidas pelo #vinhodequinta, mas a Thereza me chamou para uma nova coluna que acho que vai agradar muita gente! Dicas do Rio, isso mesmo, serão dicas de programas legais para se fazer na cidade maravilhosa. Como meu negócio é gastronomia, darei uma ênfase em sugestões de restaurantes legais e que nós costumamos ir.

Nesse 1° post, falarei especificamente sobre restaurantes na Barra da Tijuca, pois além de ser nosso bairro, está com várias novidades para locais e turistas. A Barra passou por uma revolução gatronômica nos últimos anos com empreendimentos inovadores no ramo, por isso vale esse delicioso tour! Separei os que mais frequentamos e recomendamos por categoria:

restaurante-barra-da-tijuca

Esplanada Grill: A tradicionalíssima casa de carnes de Ipanema, inaugurou em terras barrenses no agora ex-Trump Hotel, no Jardim Oceânico. Tem uma seleção maravilhosa de carnes, com destaque para a costela e o Prime Rib com osso, além entradinhas (melhor pão de queijo do mundo) que se você não tomar cuidado, vai matar a fome antes dos pratos. Ótima carta de vinhos com bons preços. A Thereza já fez post exclusivo aqui.

Tragga: Essa conhecida casa de carnes, famosa no polo gastronômico de Botafogo, abriu recentemente no novo Vogue Square, empreendimento que conta com a consultoria do Ricardo Amaral e funciona como um complexo de restaurantes super charmoso e recheado de opções para todos os gostos, vale a pena passar uma tarde por lá! Sobre o Tragga, tem tudo que uma steakhouse precisa, ambiente sofisticado, excelentes carnes, várias opções de entradas, com empanadas sensacionais e um serviço impecável.

restaurante-barra-da-tijuca

Shisô: Restaurante japonês dentro do belíssimo Hotel Grand Hyatt Rio, inaugurado há menos de um ano, mas que já virou nosso point. O Shisô tem uma pegada fusion com criações do Chef, trazendo o que há de melhor na culinária oriental. São diversos pratos com referências super criativas da cultura japonesa. Vale experimentar o menu degustação Omakasé, que ainda pode ser degustado com uma seleção especial de sakes premium. já fiz post exclusivo aqui.

Naga: Localizado no Village Mall, esse japonês de estilo tradicional, tem uma variedade enorme de peixes frescos. Posso dizer que aprendi muito sobre as características de peixes diversos, batendo papo com os sushimen no balcão. Com o tempo, me tornei um apaixonado por peixes brancos e até deixei um pouquinho o salmão de lado. Não é dos restaurantes mais baratos do mundo, mas vale a experiência pra ir além do rodízio. Já teve post aqui.

restaurante-barra-da-tijuca

Gero: Clássico no melhor sentido da palavra, esse requintado italiano já foi palco de alguns dos nossos aniversários de namoro e casamento. Todos os pratos são maravilhosamente preparados pra transformar qualquer refeição numa verdadeira experiência. Eu adoro o stinco de cordeiro, suculento e cheio de sabor, já a Thereza nunca deixa de pedir o suflê de queijo, não está no cardápio, mas é imperdível. Não é um restaurante barato, mas vale a experiência em ocasiões especiais.

Benedictine: O italiano do Village Mall tem uma variedade de pratos invejável, com massas artesanais feitas no local, além de opções de carnes, aves e peixes com um tempero mais que especial. O couvert com pães deliciosamente frescos já vale a visita. Boa carta de vinhos e no geral ótimo custoxbenefício. Post exclusivo aqui.

restaurante-barra-da-tijuca

Le Vin: Ambiente romântico e acolhedor, a melhor representação dos clássicos restaurantes parisienses. Gastronomia de primeira com muitas opções deliciosas, da entrada à sobremesa. Fica até difícil escolher entre o pato confitado e o tradicional cassoulet. Foram várias as vezes em que a Thereza já sentou lá só pra comer sua entrada preferida, o salmão marinado (com uma taça de champagne). E como o nome não nega, a carta de vinhos é muito bem feita. Clássico imperdível e com preço justo!

Cozinha Artagão:  Era o que faltava pro Barra Shopping. Se o famoso Irajá, em Botafogo, é um sucesso, o Cozinha Artagão, do mesmo grupo, não poderia ser diferente. As releituras dos pratos caseiros do dia-a-dia deixam qualquer um salivando. Arroz de rabada, carne assada e o carioquíssimo picadinho ganham uma nova interpretação e elevam os sabores da nossa gastronomia tão rica. Imperdível! Já falamos dele aqui.

Então, espero que tenham gostado. Foram apenas algumas indicações de locais que frequentamos e que gostaríamos de compartilhar com vocês, sei que muita coisa boa ficou de fora, por uma questão de espaço. Se quiserem compartilhar seus favoritos, será um prazer! E quem tiver sugestões de pauta, só falar!

Página 1 de 1212345Última »