New York Política Fashion Week

21/02/2017  •  Por Thereza  •  Fashion Week, Moda, Pense

Alguém tem alguma dúvida que a moda é uma ferramenta poderosíssima para falar de assuntos que abrangem um universo muito além do look do dia? Pois bem, nessa última New York Fashion Week, dezenas de estilistas mostraram que não estão satisfeitos com algumas questões que tangem nossa sociedade.

E é impossível não falar de Trump! Seu posicionamento contra a imigração foi um dos principais assuntos dos protestos vistos nas passarelas, afinal, muitos dos estilistas são imigrantes, trabalham com imigrantes e tem amigos imigrantes, ou seja, que a roupa seja a voz contra essa intolerância.

Junto a isso, vimos cada vez mais espaço ao movimento feminista. Se em outubro passado, Dior falou “We Should All Be Feminist” (título do livro da escritora nigeriana, Chimamanda Ngozi Adichie), nessa edição várias marcas endossaram o movimento, seja através de t-shirts, looks inteiros, detalhes, músicas, enfim, desde quando a moda é fútil? Não só movimenta uma indústria riquíssima, como nos abre espaço pra debater. Vamos aos destaques!

moda-feminista

TOMMY HILFIGER O estilista inaugurou a temporada, lá em Los Angeles, com um desfile repleeeto de insta-top-models e uma mensagem, mesmo que discreta, importante. O “Tied Together” é uma campanha criada pelo site Business of Fashion com o intuito de movimentar a indústria da moda em solidariedade a imigrantes e minorias.

A ideia é que seja “um movimento silencioso e não necessariamente uma declaração política, mas sim de positividade em apoio à humanidade, incentivando  entusiastas da moda e  pessoas de fora da indústria a participar”. Topa?

moda-feminista

PRABAL GURUNG Sem dúvida o manifesto de Prabal Gurung foi o de maior impacto da temporada. O estilista, nascido em Singapura, levou à passarela dezenas de modelos e t-shirts com mensagens da vez e palavras de ordem.

Ele contou que participou da Marcha das Mulheres – manifestação que rolou no último mês em várias cidades dos EUA e mundo – e os cartezes que viu o inspiraram pra criar essas camisetas. Pra completar o movimento, o estilista foi um dos poucos a se preocupar com inclusão de outro tema cada vez mais falado, trazendo modelos plus size à passarela.

moda-feminista

JONATHAN SIMKHAI O estilista sensação do red carpet, que veste nomes como Kylie Jenner e Emily Ratajkowski, não só encerrou o desfile com sua camiseta “Feminist AF” (af = as fuck = %#&!@*), mas também distribuiu pra todo o frontrow do evento.

Melhor maneira de propagar a mensagem entre influencers selecionadas, que logo botaram em prática pelas ruas da cidade.

moda-feminista

ALICE + OLIVIA, CREATURE OF COMFORT E CINQ À SEPT Sejam em camisetas ou moletons, a ideia é passar a mensagem. “Seja a mudança que você quer ver no mundo”, “Somos todos seres humanos” e “Eu amo todo mundo”, mensagens simples, mas com endereço certeiro.

moda-feminista

PUBLIC SCHOOL Já a super cool e alternativa, Public School, substituiu a ex-célebre e agora famigerada frase dita por Trump, “Make America Great Again”, por “Make America New York”, numa referência ao fato da cidade ser sempre receptiva e viver em harmonia com todos o tipo de raça, gênero, gente, simples assim.

LÍNGUA FRANCA Paralelamente à NYFW, uma marca foi lançada justamente pra dar voz em formato de looks às mensagens da vez. A Língua Franca tem uma coleção bordada que destaca a luta dos imigrantes, a saudade do Barack e ainda um possível grito de liberdade pra Melania.

THE ROW A marca das gêmeas Ashley e Mary Kate Olsen também deram voz ao manifesto. Assim como sua marca, super cool e minimal, o recado foi bordado de forma discreta em detalhes das roupas. Palavras como “diginidade”, “liberdade” e “esperança”, como deve ser!

moda-feminista

CHRISTIAN SIRIANO Por fim, Christian Siriano foi simples, mas certeiro e reproduziu o título de uma música do Depeche Mode, afinal, ~gente é gente e como a letra diz “Pessoas são pessoas, então porque é que você e eu temos que nos dar tão mal?”. Aliás, o estilista segue cada vai mais inclusivo – teve post assim sobre ele aqui – e mostrando um casting bastante heterogêneo, ponto pra ele!

Vale dizer que basicamente todas essas camisetas tem venda revertida pra instituições que falam sobre mulheres, imigrantes ou basicamente lutam contra Trump. Sabemos que o feminismo é a pauta da vez, muita gente acaba surfando na onda, mas se no final todos estão falando e quem precisa está colhendo frutos, o saldo é mais que positivo!

O cortador de pizza da MAC

15/02/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Não, miga, você não leu errado, nem a blogueira não enlouqueceu, sim, a MAC está lançando um cortador de pizza… só que versão delineador. Explico:

Tá rolando o NYFW e nessa época não são só as marcas de moda que lançam seus looks, mas a marcas de beauté mostram novidades da temporada – mesmo que involuntariamente –  e chegou a vez da MAC inovar novamente, olha só!

Conheça o cortador de pizza mais bonito que você respeita, ele pode não ser gostoso, mas é eficiente no seu gatinho de beauté! O produto fechado parece um delineador comum, mas quando abre lembra a rodinha cortadora de pizza, só que não corta sua pálpebra, mas carimba a cor.

A tal rodinha é feita com um material absorvente e que espalha a tinta de maneira precisa e – aparentemente – fácil. O produto existe em 3 cores: preto brilhoso, preto matte e marrom.

O produto foi compartilhado nas redes sociais do maquiador da MAC, Michael Patterson e, segundo a empresa, ele ainda está em teste e caso seja aprovado, será lançado até o meio do ano! Ainda não há mais detalhes do nome, mas o povo de beauté da internet já pirou e apelidou de cortador de pizza!

NYFW 2017: As tendências das passarelas, pra gente levar pra vida real!

04/10/2016  •  Por Thereza  •  Fashion Week, Moda, Tendência

Já estamos chegando no final da temporada de moda verão/17 e se você não viu nada e nem se ligou muito nas tendências, esse é meu trabalho de deixar tudo mastigado pra vocês consumirem essa rápida informação de moda rsrs! E se tem uma temporada que eu amo é a NYFW, por lá saem as principais tendências de streetwear, aquelas que provavelmente iremos usar na prática ou até mesmo reforçar o que estamos usando.

E depois de ver look por look das centenas de desfiles, escolhi 5 tendências que se destacaram a olhos vistos e que podemos levar pra vida real, afinal, é isso que importa!

nyfw-2017-biquinis

BIQUINI-TO-WEAR Mais uma modinha vinda da década 00! Lembro muito bem de usar brusinhas com tops aparentes e meio que discretamente, sabe? Vocês também usaram uns 13 anos atrás!? Diz que sim, porque isso tá fresco na minha memória!

Os tops não eram literais e sozinhos, mas vinham misturados nas blusinhas, era meio sexy e bem verão. Não é biquini propriamente dito, mas tipo shape de top curtinhinha e similares. Bom, essa trend veio forte de novo.

Alexander Wang, Prabal Gurung e Altuzarra, os principais nomes da nova geração apresentaram. Bem como nomes clássicos, como Michael Kors, Tory Burch e outros. Fiquem de olho nas brusinhas com tops acoplados!

nyfw-2017-cintos

CINTO MUITO, MUITO CINTO! Ah, mas Thereza eu nunca deixei de usar! Ok, mas agora eles voltam mais fortes, poderosos, decorativos e marcando a cintura!

Arrisco a dizer que essa trend do cinto+cintura marcada foi a mais forte e recorrente que vi na NYFW  e tá se estendendo pras outras semanas e também estilos, do tapete vermelho ao look casual, shapes marcados são a próxima grande aposta – ou retorno.

nyfw-2017-amarelo

AMARELOU Amarelo não é lá uma cor muito democrático e que favorece a maioria, mas dá-se um jeito, porque ela foi A cor da estação! Os 50 tons de amarelo foram vistos dezenas de desfiles e centenas de looks. Foco no amarelo meio cor de sorvete, mas pra dar uma sofisticada, aposta-se no amarelo-açafrão (uma cor mais fechada, como essa da Thakoon).

nyfw-2017-ombros-de-fora

O NOVO OMBRO SÓ Essa é a tendência vigente e a nyfw só comprovou que ela continua. Já falamos aqui do “truque de styling” das blusas caídas e ombros à mostra e a ideia segue forte! Fica parecendo um ombro só, com aspecto sexy e com cara de “tô nem aí”.

nyfw-2017-brincos

A VOLTA DO BRINCÃO Por muito tempo tal acessório andou esquecido na gaveta e substituído por grandes colares ou chokers únicas, mas parece que o jogo virou e ele voltou! Da versão brincos interligados da Rodarte, passando pelo exagero proposital  de Delpozo e Proenza. Em breve veremos profusão de brincões a gosto do freguês, curtem?!

Gostaram do apanhadão da FW? Quando a Semana de Paris acabar volto com mais uma leva!

Página 1 de 1512345Última »
Boticário - Viva Linda Boticário - Viva Linda