Vinhos para a Páscoa: conheça 4 rótulos e muitas formar de harmonizar!

19/03/2018  •  Por Rodrigo  •  Vinho

Uma das dúvidas que mais chega por aqui é sobre harmonização. Qual o melhor vinho para determinado prato? O que combina com o que? Branco ou tinto? Leve ou encorpado? São muitas perguntas que podem surgir e, como estamos perto da páscoa, nada melhor do que uma seleção caprichada de vinhos especiais para harmonizar com receitas tradicionais.

E qual é o prato mais tradicional da Páscoa? Certamente, o bacalhau. O queridinho dos brasileiros não só na Semana Santa, como no ano todo, é naturalmente associado ao vinho tinto, contudo é importante lembrar que existem receitas variadas de bacalhau que podem ser perfeitas para brancos, rosés e até espumantes. Então,  vamos às dicas de vinhos para incrementar a nossa Páscoa e o resto do ano também.

Adega Guimarães Vinho Verde DOC – Como eu sei que por aqui tem muita gente que ama vinho verde, não poderia deixar de começar com esse vinho mais que especial. Super delicado, com baixo teor alcoólico e repleto de aromas cítricos, lembrando maracujá e limão siciliano. Na boca é levemente frisante, com acidez na medida para trazer muito frescor e com uma cremosidade que se destaca da maioria dos vinhos verdes disponíveis no mercado.

Companhia perfeita para peixes grelhados e pratos variados de bacalhau como o Bacalhau a Lagareiro e até o tradicional bolinho. Refrescante e ótimo digestivo! Apenas R$59 por esse vinho que entrega muito mais do que o preço. Quem já gosta e quem quer experimentar um bom vinho verde, pode ir sem medo!

Van Zellers Alentejo 2014 – Belíssimo português do Alentejo, região que é sucesso aqui em casa. De estilo moderno e fácil de agradar, esse vinho tem a tradicional pegada alentejana com aromas de ameixa madura, cassis, especiarias e um toque floral. Tem corpo médio, boa acidez, taninos sedosos e um final persistente e levemente apimentado.

Super versátil para harmonizar, desde peixes mais untuosos, como Confit de Bacalhau até um cordeiro ao molho de ervas. R$64 para você se apaixonar também pelo Alentejo!

San Marzano Il Pumo Primitivo Salento 2016 – Taí um vinhaço italiano para encantar iniciantes e conhecedores. Produzido na ensolarada Puglia, mais especificamente no “salto da bota”. Quem está começando no mundo dos vinhos vai se identificar, pois ele apresenta um dulçor natural da uva primitivo, ao passo que os mais experientes vão se surpreender com sua complexidade de sabores.

No nariz você nota de cara as frutas negras em compota, geléia de cereja, canela, chocolate e café. Mas é na boca que o vinho se mostra suculento, com taninos super macios, acidez leve e um final de boca frutado e amendoado. A melhor descrição foi a da Thereza, que foi enfática ao afirmar que o vinho lembrava a calda que fica em em cima do cheesecake. Muito bom para ser degustado com vários pratos de típicos e pra quem não abre mão de ovo de Páscoa, o San Marzano vai muito bem com chocolate. Ótimo preço, R$69.

Churchill’s Estate Branco 2016 – Se na sua casa é tradição de Páscoa aquele bacalhau ao forno com batatas e caprichado no azeite, esse português do Douro vai ser a estrela. Muito fresco, com ótima mineralidade e aromas florais, de frutas brancas, maçã verde, abacaxi e um leve toque de baunilha. Um clássico da região mais prestigiada de Portugal, que vai fazer bonito na mesa. Muito bom pra quem gosta de vinhos jovens e vibrantes e também boa sugestão pra presentear na data!  R$89.

Então, espero que tenham gostado das dicas. São vinhos realmente diferenciados, de estilo gastronômico e perfeitos para agradar paladares diversos em várias ocasiões. Todos os rótulos são exclusivos da Grand Cru, importadora com  lojas físicas em todo Brasil (eles foram os responsáveis do espumante do #melhorgrupoday).

Pra você que quer comprar direto da prateleira, aqui tem o link de todas as lojas. Se tiverem alguma dúvida sobre algum vinho ou harmonização, é só deixar um comentário.

Como harmonizar vinho e chocolate

06/04/2017  •  Por Rodrigo  •  Vinho

Ai, Páscoa! Quanta gente não fica ansiosa durante os quarenta dias entre o Carnaval e a Páscoa?  Além de toda a importância da data, os pratos da Páscoa, principalmente o Bacalhau, são muito disputados na mesa, mas sejamos sinceros, o devaneio vem mesmo com os ovos. São tantas opções que nós ficamos tentados a provar de tudo. Aí eu te pergunto, ovo de Páscoa vai bem com vinho? Com certeza, meus caros! Seguindo umas regrinhas bem simples você poderá se deliciar com os ovos, na companhia de um bom vinho, e ainda facilitar a digestão.

Os primeiros vinhos que vem à cabeça quando pensamos em chocolate são os fortificados, como os tradicionalíssimos vinhos do Porto, mas tem outras alternativas que podem harmonizar tão bem, ou até melhor dependendo do tipo de ovo. Vinhos de sobremesa, o famoso Jerez espanhol, tintos encorpados e meio secos, vinho do Porto branco e até espumantes podem dar aquele toque especial e elevar o sabor do chocolate.

Esses vinhos combinam bem com uma série de sobremesas, mas como acredito que ninguém vá comer cheesecake na Páscoa, darei umas dicas bem legais de vinhos para harmonizar com ovos de chocolate.

Dica, existe uma regra básica de harmonização que diz que vinhos tintos devem ter mais ou o mesmo nível de dulçor do alimento, e no caso dos doces, isso é ainda mais importante, pois um tinto muito seco pode ficar com um sabor excessivamente amargo se acompanhar chocolate.

No caso do chocolate ser muito doce, é legal casar com um branco aromático, de acidez mais alta, pra contrapor esse adocicado e manter o vinho fresco e o chocolate menos enjoativo ao mesmo tempo. Outra coisa legal, já repararam como é comum servir água com gás junto com chocolate? Isso acontece, pois o gás ajuda a suavizar a untuosidade do chocolate, então um espumante mais docinho tipo Moscatel vai cumprir a função e incrementar o sabor. Dito tudo isso, vamos à prática.

Como harmonizar vinho

Ovo de chocolate ao leite Certamente o mais disputado nas gôndolas, não há quem resista. Doce, cremoso e com um certo nível de gordura, esse tipo de ovo casa maravilhosamente bem com o bom e velho Porto. Os vinhos do Porto são um estilo de vinho fortificado, no qual adiciona-se água ardente de vinho (daí o nome fortificado) para interromper a fermentação e manter o nível de açúcar e álcool mais altos.

Companheiro ideal dos queijos fortes, sobremesas e como digestivo ao final das refeições, o Porto é sem dúvida uma delícia e o melhor amigo do chocolate. Há muita opção no mercado e aos valores podem chegar à estratosfera, por isso selecionei um ótimo exemplar de um produtor reconhecido por um preço legal.

Brumester LBV Porto 2011: Belo Porto de um grande produtor de Portugal, o Burmester tem tudo pra encantar ao lado dos ovos de chocolate ao leite. Aromas clássicos do estilo como os de uvas passa, frutas secas, caramelo, chocolate e doce de figo e um paladar licoroso e frutado com taninos potentes que se suavizam quando combinados com o doce do ovo. Lembrem-se que o vinho tem 20% de álcool, então é bom ir com calma, mas como os vinhos fortificados aguentam bem mais tempo após abertos, é só tampar e guardar na geladeira por até uma semana. Melhor forma de bebericar um grande vinho todos os dias do feriado. R$94, e ainda pode tomar mais frio!

Ovo de chocolate amargo Devo dizer que são os meus preferidos, pois tem um sabor mais voltado pro cacau e não enjoam. Com essa onda fit, os chocolates amargos viraram febre, principalmente por terem menos gordura. Para harmonizar, não precisa de um vinho de sobremesa tão doce, um tinto meio seco de médio corpo funciona que é uma beleza. Vinhos da uva primitivo costumam ter um adocicado natural que agrada bastante.

Infinitum Primitivo Puglia IGT 2014: Bom Primitivo de preço acessível e baixo teor alcoólico, vai acompanhar de forma bem sutil e elegante qualquer tipo de chocolate amargo. Seu aroma mentolado e sabor picante de especiarias vai enaltecer a intensidade do chocolate. R$65 na World Wine.

Ovo de chocolate branco Ame-o ou deixe-o! Melhor definição para esse tipo de chocolate, tem quem adore e tem quem diga que nem chocolate é. O que vale é entender que esse estilo tem bastante gordura e açúcar, portanto necessita de um vinho não só com dulçor, como também acidez para quebrar esse amanteigado e equilibrar o doce. Vinhos brancos mais perfumados como os da uva Riesling são bem indicados, assim como Jerez seco, mas se você souber escolher bem um vinho de sobremesa com bom frescor, vai se impressionar com o resultado.

Vinã Tarapaca Terroir Late Harvest 2015:  Doce, floral, com sabor delicioso de mamão papaia, mel, pêssego em calda e goiabada, esse vinho pra tomar geladinho, tem bastante acidez e refrescância que deixarão o chocolate branco menos rançoso, se é que me entendem. Cai muito bem também com ovos recheados, que eu sei que vocês adoram! R$55 na Wine.

Como harmonizar vinho

Então, pessoal, essas foram algumas dicas pra deixar a Páscoa mais doce e agradável. Espero que tenham gostado, e se tiverem alguma dúvida, é só deixar um comentário.

Recebendo em casa: vinhos para harmonizar!

26/03/2017  •  Por Rodrigo  •  Gastronomia, Vinho

Receber amigos em casa é sempre motivo de festa. Seja uma confraternização, encontro informal ou comemoração oficial, a animação é garantida. E como podemos tornar essa ocasião num momento especial, daquele tipo que todo mundo vai querer repetir o quanto antes?

Pois bem, os comes e bebes fazem a diferença, e os “bebes” bem escolhidos trarão um diferencial para o encontro, principalmente pelo fato de fazerem a galera se soltar e deixarem o ambiente mais descontraído.

Vinhos são uma ótima pedida para criar esse clima, pois além do sabor em si, a variedade de estilos pode fazer vir à tona uma série de conversas e discussões a respeito da bebida. Posso garantir que é um upgrade na arte de receber. Até aí tudo bem, mas como escolher os vinhos certos?

Tem algumas dicas importantes para acertar nas escolhas, mas primeiro devemos entender que nem todo mundo tem o mesmo gosto, por isso é mais interessante optar por mais de um estilo de vinho para o encontro. Isso é legal, pois permitirá aos convidados que conheçam vinhos diferentes e conversem sobre os que mais gostaram. Outra coisa legal é tentar harmonizar os vinhos com as comidinhas que serão servidas. Digo comidinhas, pois na maioria das vezes, os famosos belisquetes são mais apropriados para uma atmosfera informal e divertida.

Canapés e finger foods são excelentes para deixar rolando a noite toda, pizzas e hamburgers são opções fáceis de agradar e tábuas de queijos e frios são perfeitas para dar aquela sofisticada na decoração e render boas fotos. Sobre os vinhos, meu conselho é optar por estilos mais leves e frescos, afinal, pra curtir e bebericar a noite toda, vinhos pesados podem dar uma saturada.

Vamos aos vinhos? Selecionei algumas dicas de branco, rosé, tinto e até Champagne, todos da Wine Vinhos, tudo para encantar seus convidados e fazer com que fiquem acampados na porta da sua casa (tipo fila de show do Justin Bieber rs) esperando pelo próximo encontro.

Ropiteau Frères Bourgogne Chardonnay 2014: Não é todo dia que temos a chance de degustar um exemplar da Borgonha, região mais famosa da França para brancos. Elaborado com a Chardonnay, é amanteigado, amendoado, cheio de aromas florais e de pêras maduras, além de um frescor maravilhoso que vai harmonizar com várias entradinhas, se rolar um japa então, fica perfeito. De R$95 por R$80, precinho para um Borgonha.

Michel Lynch AOC Bordeaux Rosé 2015: Continuando na França, esse Rosé de Bordeaux vai casar perfeitamente com canapés, quiches, embutidos, massas e os tradicionais pães a metro, presentes nas festas. Levíssimo, com baixo teor alcóolico e perfumado com aroma de rosas e frutinhas vermelhas frescas. De R$78 por R$66.

Champagne Jacquart Mosaïque Rosé Brut: O que podemos falar de Chamopagne? Bom, não caberia em um único post, mas posso assegurar que é uma experiência. Servir aos convidados esse néctar, é quase um ato de amor. Só pela garrafa, já dá pra deixar exposta no centro da sala, de tão bela. Mas e os sabores? Bem, típicos dos bons Champagnes Rosés, o Jacquart é frutado, mas com uma pegada mais seca, do tipo que é impossível enjoar. No nariz, as notas de framboesas, morangos e jasmim dão boas vindas para o que vem pela frente, na boca, aquela famosa torrefação típica do estilo, que ainda tráz sabor de pão tostado, lichia e romã. Por si só, já completa a confraternização, mas vai muito bem com queijos leves, qualquer entrada ou canapé a base de frutos do mar e carpaccio. Se rolarem umas ostras frescas, é sinal de que o paraíso está próximo! Boa promoção, de R$260, que já vale, por R$198.

Maycas del Limarí Reserva Especial Syrah 2012: Figurinha carimbada aqui no blog, a vinícola Mycas del Limari, com seus vinhedos que recebem uma fresquíssima brisa do oceano Pacífico, produz rótulos que alinham intensidade e frescor. É o caso desse Reserva Especial, produzido com a aromática uva Syrah. Boa intensidade no nariz com aromas deliciosos de ameixa madura, compota de amora, ervas finas e pimenta branca, o vinho tem essa pegada de especiarias bem legal mesmo. Na boca, mantém o frutado e ainda um toque de chocolate. Tipo de vinho macio, com taninos super redondos, quase adocicados, mas que ainda conta com esse aspecto oceânico pra aumentar a mineralidade, equilíbrio e frescor. Companheiro ideal de comida e vai se dar bem com pizzas e hamburgures, queijos mais fortes e aquela tábua de presunto de parma. De R$91 por R$77.

Espero que tenham gostado da seleção e das dicas. Receber em casa realmente é uma arte, porém não precisa ser algo exagerado ou complicado. Espero que com as sugestões, você consiga transformar sua reunião com amigos num verdadeiro evento. Qualquer dúvida, já sabem, é só deixar um comentário!

Página 1 de 1412345Última »