A bolsa da Olivia Palermo

07/08/2017  •  Por Thereza  •  Estilo

Artista de reality show, it girl, blogueira, empreendedora, digital influencer, diretora criativa e quer mais um item pro currículo digital da Olivia Palermo? A moça acaba de lançar uma coleção de bolsas em parceria com a marca inglesa Meli Melo (frequentava uma boite com esse nome rsrs).

Conheça Severine! Segundo Olivia, a ideia de ser uma bucket bag (bolsa tipo “balde”), é por se tratar de um modelo diferente, afinal, quem tem esse formato de bolsa no armário? Com isso, ela alça o modelo a um novo clássico e com um plus de, segundo ela, ser um item que vai bem em qualquer ocasião, para qualquer estilo.

As fotos tem a pegada de um dia comum na vida de Olivia Palermo. Sendo casualmente perseguida pelos paparazzis nas ruas da agitada Manhattan e com um look casual. Inclusive, Olivia confessa que seu estilo favorito pra usar a bolsa é com sapatilhas. Dito e feito, o editorial tem vários looks adoráveis e que nos inspiram pra vida real.

Mas não tão real assim, as bolsas custam U$807 e vem em 5 cores (a marca entrega no Brasil). Além da parceria com Meli Melo, Olivia é a embaixadora global de estilo da americana, Banana Republic, ou seja, influência digital e analógica da melhor qualidade!

 

Conheça a Juanita Jo, marca de bolsas da Argentina, agora no Brasil!

08/06/2017  •  Por Thereza  •  Acessórios, Publicidade

Quando o assunto é moda, a última década foi palco pra transformação digital, com o surgimento de blogs _o/ e redes sociais que transformaram nosso universo fashion em algo mais acessível, vida real e cada vez mais inspirador. Junto a isso, vimos o surgimento de várias marcas de moda (muitas catapultadas graças a esse fenômeno digital) e a chegada de grandes marcas gringas por aqui que, mesmo com a crise recente, veem na gente um grande potencial consumista fashion!

JUANITA-JO-BOLSA

E uma delas eu apresento por aqui, se você já esteve em Buenos Aires provavelmente já passou em frente às suas vitrines, se não, apresento a Juanita Jo! A marca tem dezenas de lojas espalhadas pela Argentina e chegou ao Brasil no final do ano passado com sua 1ª loja no Barra Shopping, aqui no Rio de Janeiro.

E de cara a loja chama a atenção, sua arquitetura se destaca em meio às lojas do shopping, o design é moderno e bastante integrado, parece que você está num aquário recheado de bolsas e acessórios incríveis.

E o conceito da marca inclui tudo que a gente ama e consome, bolsas criativas, originais e sempre de acordo com as tendências vigentes. Já o diferencial da Juanita Jo fica por conta do material Echo en Argentina, as bolsas são super leves, tem um excelente acabamento e a parte interna é cheia de compartimentos que auxiliam quem adora carregar uma tralha (eu).

JUANITA-JO-BOLSA

Dentre minhas favoritas, estou encantada com essa tote bag preta com listras. É aquela bolsa clássica com twist e, a contar pelo tamanho, cabe uma vida dentro. Também curto os modelos com tassels (por lá tem vários), mochilas utilitárias, bucket bags e inúmeros outros modelos.

Pra quem gosta de bolsas, por lá é o parque de diversões, sério! E tudo com qualidade e ainda um bom custo x benefício, aquela bolsa com cara de que vai durar muito (e hoje em dia isso é o diferencial de uma boa compra).

JUANITA-JO-BOLSA

Pra finalizar, encantada com a linha de clutches de acrílico, são tão lindas e dão aquele up no look. Tenho a de boquinha e a de oncinha é meu xodó absoluto e foi comigo pra Nova York. Excelente sugestão de presente para aquela amiga que tem tudo, daí uma bolsa como essa faz toda a diferença. Aliás, as bolsas da marca também são uma excelente sugestão pro dia dos namorados, “Love You” já vem escrita e tudo!

Pra quem curtiu as bolsas da Juanita Jo, vale conhecer a loja da marca que fica no nível Lagoa do BarraShopping! Gostaram das peças e conheciam a marca?! Me contem!

 

Guccimania e suas bolsas desejo da temporada [3 dígitos edition]!

03/11/2016  •  Por Thereza  •  Acessórios, Compras, Moda

Na história recente da moda, está muito difícil superar a supremacia Gucci! Desde a chegada de seu novo diretor criativo, Alessandro Michele, é hit após hit, algo surreal num momento de entresafra criativa e uma transição mundial nos rumos e ideais fashion.

Bolsa Gucci

Já falei aqui sobre a bolsa sensação da marca, a Dionysus, mas eles foram além e tem uma dúzia, talvez dezenas de bolsas que foram vistas e revistas nas últimas semanas de moda e também na vida mais – ou menos – real!

Nessa minha última ida à Nova York, fiquei impressionada com a profusão de bolsas Gucci sendo carregadas sejam pelas mocinhas do Upper East Side, mas também nas descoladas de Downtown. Não era uma banalização, mas sim um desejo incontrolável de logomania, bordados e modelos indefectíveis.

No último dia de viagem, fui tão convencida a comprar um dos modelos que tanto via (o Marmont), que pena (ou não né $) que quando cheguei na loja, a cor que eu queria estava soldout.

 

gucci-elas-usam

Agora a parte boa de tudo isso! A Gucci é até parceira, enquanto marcas como Chanel e Dior crescem seus valores num piscar dos olhos, a italiana é razoável nos dígitos impressos na etiqueta. Na nossa tag #querpagarcomo também vemos que o valor convertido no Brasil é até razoável (1o-15%) e o melhor de tudo: eles tem vááários modelos de 3 dígitos!

Baseado nisso e na nossa alegria do dólar ter dado uma diminuida básica (semana passada eu vi a R$3,11 #esperanças), fiz uma seleção de modelos da Gucci por 3 dígitos (fui truqueirinha e não incluir a taxa, ok?! Vai que você vai pra New Jersey, lá não tem hehe). Nem todas tem aqui no Brasil ainda, segundo o pessoal da loja do Village Mall, mas hoje em dia esse gap anda cada vez menor, então até o Natal…

gucci-bolsa-3-digitos

Esse modelo Original é muito amor! Estou apaixonada pela abelhinha, aliás, esses dois modelos foram os que mais vi pelas ruas de NY e todas soldout na loja. Já a versão Signature e Icons, ambas em verniz, são modelos clássicos e perfeitos pra festa ou momentos sociais.

Outra febre vigente é a Marmont, ela tem em vários tamanhos (esse valor equivale ao P) e cores! Eu fiquei super apegada à preta (eu tenho tanta bolsa colorida, que resolvi variar), mas por lá vi num arco-íris de cores. Gosto dela, pois ela não tem o logo e é daquele modelo que a gente vai levar pra vida, assim espero.

Nessa faixa também tem versão escrita e com as estampas da temporada. Por fim, a Soho classicona numa versão bicolor (amo rosa + vermelho!) e a outra hit da vez, a Supreme, que segue esse estilo compacta.

Enfim, fim do ano chegando e se bater aquele desejo de se presentear com algo mais, digamos, de valor, vale ficar de olho na Gucci gringa e na Br, já que muitos desses modelos já estão por aqui e o valor não foge da margem!