Resenha: Base Lock It – Kat Von D

05/09/2018  •  Por Thereza  •  Maquiagem

Vocês sabem do meu caso de amor por base, acho que é meu item de maquiagem favorito e o que mais consigo analisar friamente, sem estar tomada por emoção, cor ou marca. E, com o advento da idade, tenho tido novas impressões e sensações sobre texturas e acabamentos. E a de hoje me causou mixed feelings sasonais.

base lock it kat von d

A Lock It é uma base super famosa da Kat Von D e comprei a minha assim que foi lançada aqui no Br, no fim do ano passado. E assim que comprei, usei 1, 2 vezes, e depois fui sentindo minha pele pesada, tipo, ou eu passava ela no meu rosto com uma precisão cirúrgica ou… melhor nem passar, daí depois abandonei.

Mas logo entendi o motivo: o verão. Na minha opinião, ela não é uma base de verão, pois ela tem uma alta, altíssima cobertura e parece que também é necessário construir camadas e ter todo um trabalho de pincéis (sim, uso 2) e esponja (sim, também uso 1), pra tirar o melhor proveito da base. É uma base que quando dá certo, dá muito certo, mas se não der, dá errado, se é que me entende.

base lock it kat von d

E além de não ser uma base de verão, não é uma base de qualquer dia, só dias especiais (e que você tenha tempo pra aplicar de forma meticulosa). E também na época fiquei com um leve abuso da base, por conta de seu corretivo (já teve resenha aqui, foi positiva, pois ainda não tinha chegado ao precoce fim), veja bem, é um excelente corretivo, mas acaba muito rápido! E não pelo fato de usar muito, mas por conta da sua textura pastosa/seca, você tem que passar mais, de quebra fica um pouco de corretivo no fundo que a pázinha não alcança.

Dito tudo isso, voltei  amar a base e sabe o motivo? Inverno!

base lock it kat von d

A temporada mais fria chegou, dei uma nova chance à Kat e vi que a base funcionou muito bem. Ela tem uma textura muito marcante, acabamento super matte, cobre até o que você não quer cobrir e é aquele tipo de base quando você quer o super mega power reboco.

Outra coisa que me fez gostar muito dessa base é que ela tem 30 tonalidades, e não aquelas parecidinhas que mais confundem que ajudam, logo, consegui encontrar minha cor no ponto certo (Medium 53 Neutral). E diferente do corretivo, ela parece que dura razoavelmente bem, mesmo sendo um tipo de base que não cobre só com duas gotinhas.

base lock it kat von d

Enfim, se você curte uma base de altíssima cobertura, com acabamento matte bonito, essa é uma boa opção. Particularmente falando, não gosto desse estilo no verão carioca, mas é uma boa base de ter sempre por perto pra ocasiões especiais. Aqui no site da Sephora ela custa R$205.

E vocês, já usaram essa base e tiveram problema de fim precoce do corretivo?

 

 

A nova base da Beauty Blender é a mais diferente que você já viu!

27/07/2018  •  Por Thereza  •  Maquiagem

Você sabia que a cada minuto 17 esponjas BeautyBlender são vendidas pelo mundo? Pois é, a BB é a mais famosa – e precursora – esponjinha de maquiagem do mundo! Sério, eu já comprei genéricas e já até ganhei uma pretinha linda da Dior, mas nada supera a original! Esse é um bom exemplo no qual nenhum inspired chega perto, pelo menos na minha opinião.

Mas depois de criar a esponjinha há 15 anos, a fundadora – e maquiadora profissional – da marca, Rea Ann Silva, inventou variações de esponja, produtos de limpeza, acessórios… mas o que faltava pro império BB?

Maquiagem, claro! Nessa semana eles anunciaram a chegada da Bounce, a base da BeautyBlender! O produto é de alta cobertura, tem acabamento matte e a ideia é que não deixe a pele muito pesada, graças à sua textura mousse. Agora o que eu achei mais legal da base foi a sua embalagem sem igual!

O potinho quadrado tem o bico que sai direto pra sua superfíce para você usar já começar a aplicar com a esponjinha! Achei o máximo e super útil! A ideia é que o espaço também sirva pra misturar outros ingredientes à base, como os próprio óleos que estão super na moda ou até mesmo um hidratante de preferência pra deixar a base mais fluida.

A base começou a ser vendida ontem na Sephora e custa U$40! Agora da mesma forma que tem arrebatado muitos entusiastas de beauté, a base também vem sofrendo um certo revés. São 32 cores e apenas 7 delas são tonalidades para pele negra. Em tempos de Fenty Beauty precursora e muitas outras correndo atrás pra reparar o erro, a Bounce fica um pouco atrasada no quesito diversidade.

Segundo Rea, que tem origem latina, “metade das cores são formuladas para uma gama de tons de pele verde-oliva a escura e incluem nuances sutis que fazem um mundo de diferença na pele. Nós realmente queremos que todos encontrem seu tom perfeito, então, para garantir isso, colocamos nossos produtos em teste de forma bastante inclusiva. Temos a maioria das tonalidades que chamamos de “medium plus”, criado especificamente para pessoas de origens multiculturais, pois para elas é mais difícil de encontrar o tom certo para combinar com seu tom.”.

E vocês, gostaram da novidade, curtiram a embalagem diferenciada?!

8 dicas de experts na hora de aplicar base!

11/06/2018  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Você tem a melhor base de todas, aquela que sua blogueira favorita recomendou, que sua amiga jurou maravilhas ou simplesmente aquela que você experimentou e curtiu. Ok, isso é meio caminho andado pro sucesso, mas sabe qual é a diferença? Aplicar a base direito!

Com o pincel duo fiber, esponja, dedinhos. Usando a luz certa, aplicando a quantidade correta e estratégica, você tenta de um tudo, mas a base nunca fica com aquela cara de profissional…

Já fiz 2 matérias sobre o ato de passar base: “Passando base como um profissional” e “7 Conselhos de expert na hora de passar base” e e essas dicas seguem de fato preciosas, mas vamos dar um update nisso? Li uma matéria muito bacana na minha amada Allure com dicas de expert na hora de passar, outras 8 dicas, vem comigo!

base

“Vai pra um evento com muitas fotos envolvidas? Use sempre base e primer foscos. Fórmulas luminosas parecem brilhantes demais em fotos.” Nick Barose, maquiador de Lupita Nyong’o

“A maioria das bases tipo oil-free oxidam – ficam amarelas ou laranja – na pele oleosa ao longo do dia, então teste-as por algumas horas antes de comprar uma.” Laura Mercier

“Aplique a base e pressione-a na sua pele com uma esponja úmida até que esteja perfeitamente misturada.” – Patrick Ta, maquiador da Kendall Jenner e Shay Mitchell

“Adicione um pouco do seu hidratante favorito à sua base, se você quiser uma aplicação mais leve. Já no inverno, quando a pele fica mais seca, costumo adicionar uma gota de óleo na base para obter cobertura e hidratar mais a pele, Não tenha medo de misturar, experimente!” –Fabiola, maquiadora Katie Holmes e Jennifer Garner

“Tem rugas e linhas de expressão? Use primer de sombras nessas áreas para disfarçá-las, criando uma pele mais lisa para receber a maquiagem.” – Hung Vanngo, maquiador da Selena Gomez e Gisele Bundchen

“Misture a sua base com algumas gotas de um iluminador líquido para criar um brilho total, mas ainda natural. É o meu segredo favorito para a pele natural iluminada de tapete vermelho!” – Hung Vanngo

“Termine de aplicar a base dando leve batidinhas de algum sérum contendo ácido hialurônico sobre as maçãs do rosto e nas têmporas para obter um brilho natural.”

“Não esconda sua pele com base. O produto foi criado com a intenção de uniformizar e deixar sua pele com mais viço. Para esconder imperfeições e outras manchas, use corretivo nos locais que precisam de mais cobertura. Pode parecer óbvio, mas muita gente esquece”

E qual é a relação de vocês com base? Eu tenho sentido que, apesar do avançar da idade, tenho buscado cada vez mais bases com menos cobertura, sabe porquê? É que quanto mais base passo, mais ela aparece e até mesmo realça o que quero esconder. Com bases mais leves, o resultado fica mais natural e sincero. E vocês, estão em que momento da base?

Página 1 de 612345Última »