AS MAIS
LIDAS!

Quarto de bebê moderno e lúdico

27/04/2017  •  Por Thereza  •  Decoração

Se algo mudou no quesito decoração, foram os quartos de bebês! Não que eu seja uma observadora nata da categoria, mas pelo pouco que vejo, sinto que eles estão mais modernos, interessantes,  mas ainda com aquele toque lúdico necessário. As cores muito definidas não fazem mais tanto sentido #genderless e o que vale é um toque divertido, praticidade e muito aconchego.

Eu fiquei particularmente apaixonada por esse quarto de bebê da mamãe blogueira, Laura Gummerman, tem todos os ingredientes que me atraem e alguns deles podem até serem traduzidos pra um quarto jovem, o que acham?

Continue Lendo >>

A evolução do vinho

27/04/2017  •  Por Rodrigo  •  Vinho, Vinho de Quinta

Já aconteceu com algum de vocês de abrir um vinho e a primeira impressão ao cheirar ou provar não ser tão agradável? Tipo, o vinho parece meio duro, áspero, alcoólico demais ou simplesmente sem aroma ou sabor, só que após um tempo ele simplesmente muda? Isso é muito comum, e posso dizer que já “quebrei a cara” várias vezes quando comecei nesse  mundo.

Antigamente, eu abria a garrafa e já despejava na taça pra tomar, assim como a maioria das pessoas, só que eu fui percebendo que alguns vinhos se comportavam diferente com o passar das horas. Lembro como se fosse ontem de um vinho sul africano super bem avaliado que eu comprei, mas que no primeiro gole veio a decepção. O aroma era quase imperceptível e na boca o gosto só lembrava madeira, daquele tipo que você tira farpa da língua de tanta aspereza.

Fiquei desapontado comigo mesmo, imaginando que meu paladar não era pra vinho. “Empurrei” a garrafa quase toda goela abaixo e deixei o restinho pra, quem sabe, usar pra cozinhar mais tarde. Eis que de noite, peguei a garrafa (acho que pra fazer molho ferrugem), e pra minha surpresa, veio um aroma delicioso na minha cara! Curioso, coloquei na taça pra comprovar, e quase como mágica, o vinho estava maravilhoso, cheio de aromas de chocolate, baunilha e geléia de frutas vermelhas. Fiquei feliz, mas ao mesmo tempo chateado por não ter tido essa impressão mais cedo.

Isso acontece pelo simples fato de que vinho é uma bebida viva, com vários elementos que interagem e evoluem. Muitos vinhos precisam “respirar” para liberar seus aromas com mais intensidade, ou quem sabe suavizar seu sabor e ficar mais macios. Vinhos jovens, envelhecidos em madeira, complexos ou estruturados precisam de mais tempo em contato com o ar para oxigenar e mostrar toda sua exuberância.

Vinhos com teor alcoólico mais alto (acima de 14%) também vão se beneficiar com essa oxigenação para evaporar um pouco do álcool. Geralmente os aromas mais fechados, vão ficando mais francos e as características frutadas aparecem mais, os sabores amadeirados dão lugar à baunilha, chocolate, café e os taninos, que antes “amarravam” a boca, podem dar uma amansada e ficar mais redondos e doces.

Mas como eu faço pra oxigenar o vinho? É só deixar a garrafa aberta por um tempo antes de tomar. Tem gente que faz uso do decanter, que é aquela jarra de vidro ou cristal, que serve para aumentar a superfície de contato da bebida com o ar para ter uma aeração maior. É válido, mas quem não tem, não precisa se preocupar. Se abrir a garrafa uma horinha antes, você vai se surpreender com a diferença. Faça um teste, tome um gole assim que abrir a garrafa, e veja como o vinho se transforma depois de respirar. Já aconteceu de eu abrir um vinho bem complexo de manhã, para tomar só no jantar. Claro que não é todo vinho que precisa disso, porém posso assegurar que essa bebida não foi feita para os apressados. Deixar o vinho oxigenar é a maneira mais fácil de aproveitá-lo integralmente no seu ápice.

Depois dessa explicação, não poderiam faltar dicas de tintos que ficam muito mais atraentes após abertos por um tempo.

Clos de Los Siete 2013: Esse delicioso argentino com 14,5% de álcool, é um corte de Malbec, Merlot, Cabernet Sauvignon, Syrah e Petit Verdot. Já é bom assim que aberto, mas se esperar pelo menos uma hora, verá como os aromas evoluem para ameixas, geléia de amora e essência de baunilha. Tem bom corpo e com o tempo fica ainda mais macio, R$99.

Terra d’Uro Finca La Rana 2012: Belo espanhol da região do Toro, que com certeza cresce e aparece com uma boa respirada. Tem aromas complexos como de couro e defumado que evoluem bem em contato com o ar, trazendo notas de frutas negras maduras, especiarias e ervas finas. Na boca, os sabores de madeira, depois de um tempo ficam mais elegantes e os 14.5% de teor alcoólico nem se fazem perceber, R$70.

Quinta da Fronteira Reserva DOC 2012: Português divino da região do Douro. No auge dos seus 5 anos de idade, está no momento perfeito para ser degustado. Com 18 meses de envelhecimento em carvalho, esse tinto precisa oxigenar para suavizar os aromas de madeira e mostrar sua exuberância com belas notas florais, de cereja preta e uma pontinha de especiaria como açafrão. Vinho de ótima estrutura e complexidade, que se ficar umas duas horas aberto, vai deixar amaciar seus taninos e aumentar o frescor e sedosidade, R$146.

Espero que essa dica básica de fazer o vinho respirar possa ajudar na hora de degustarem, pois pra mim, no início, fez toda diferença. Se tiverem alguma dúvida, é só deixar um comentário.

Piercing ilusão de ótica!

27/04/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Maquiagem

Antropologicamente falando, o nível de influência da Família Kardashian sobre a sociedade ocidental deveria ser estudado… mas na vida real, sem muitas firulas, há de se chocar, no que Kim coloca o dedo: viraliza!

A última tendência existe desde que metaleiro era metaleiro e alterna era alterna: piercing! O artifício de metal não é moda, é atitude (e coragem rsrs), mas foi só a Kim usar algumas vezes o piercing labial e o que aconteceu?

Virou tendência, mas a melhor parte é essa, uma tendência fake, tão Kardashian e muito possível para os reles mortais e também medrosas da agulhada. Observe, comigo!

Gurus de maquiagem foram capazes de inventar um piercing fake, mas não aquele que você pressiona sem fazer furo, um piercing ilusão de ótica! Na dúvida, de se fura-ou-não, o batom é aplicado de uma forma que fica um traço vertical central, como um piercing e voilá! Se você for bastante truqueira ainda pode fazer um traço metalizado pra impressionar mais ainda.

Seja nude ou colorido, alguma dúvida que essa microtrend de beleza é das melhores invenções de moda, tem coragem?

Página 2 de 1.98512345Última »