Guia de compras pro Dia dos Namorados!

05/06/2017  •  Por Thereza  •  Compras, Moda

Chegou aquela época amorzinho do ano, o dia dos namorados! Época que o amor se mistura à criatividade, a paixão ao presentão. Você pode ser uma namorada romântica, uma esposa gastadeira, mas em comum, um desejo: comprar online! Com o advento dos e-commerces, o shopping acaba se tornando cada vez mais um espaço apenas pro esporte do “window shopping”, porque na hora de comprar mesmo a gente recorre às lojas onlines, afinal, não tem fila, vendedora insistente (ou ausente) e ainda funciona 24h!

Como é tradição aqui no Fashionismo, fiz um mega guia de compras legais para todos os bolsos e estilos e no final vale enviar o link do post praquele que você ama, não disse quem. Vamos lá!

Taí uma seleção 100% eu! Busquei escolher tudo que amo, mas também muito dos assuntos recorrentes aqui no Fashionismo! Adorei essa jaqueta jeans com modelagem diferente do Tufi Duek, o vestido super clássico e com pegada Missoni da Fillity. A camisa preta da Animale é atemporal e super chique e cardigan estampado da Pop Up Store é ótimo pro inverno.

Fiquei apaixonada por esse brinco da À La Garçonne na Farfetch, nova marca do Alexandre Herchcovitch. As blusa da Iorane garante aquele look poder, especialmente pro jantar do dia dos namorados. A saia de vinil do Tufi é a grande sensação do ano (teve post aqui), assim como o tênis preto Vans, que também falamos recentemente aqui. Pra fechar essa leva, camiseta empoderada da Le Lis Blanc “Female are strong as hell”, só pra lembrar que essa temporada de Umbreakable Kimmy Schimdt tá incrível.

São ótimas opções para todos os bolsos e estilos, aceitaria tudo hein, Rodrigo! Agora como o Dia dos Namorados também pode pedir um momento quebrando o cofrinho, mas também de forma consciente e acertada, voltei com a tag #investindonabolsa e tudo aqui no Brasil mesmo, a tempo pro dia 12/06.

Bolsas, como eu amo bolsas! Deixo de comprar 10 blusinhas, pra comprar uma bolsa, porque blusinhas vem e vão, mas uma boa bolsa fica por muito tempo! Selecionei 4 modelos da Farfetch de 3 marcas que amo e nesse estilo mais compacto que deixa no passado aquelas bolsas que cabiam de tudo, agora é tudo compacto e certeiro.

Começando com a Saint Laurent que se chama Blogger Bag! Amei esse nome? Amei! Já tinha falado dessa bolsa aqui e essa cor dourada é basicamente um neutro, ela está na promoção e parcelando em até 10x vale muito a pena, tá mais barato que nos EUA. Quer um modelo sensação? Gucci, só dá a marca italiana! O que eu gostei desse modelo foi que a “cor” fugiu do óbvio e é um zigzag super charmoso, no site da Farfetch tem outras cores e com preços similares.

Fechando com Givenchy, na versão clutch com a Antigona (eu amo esse modelo), tem rosa, cinza, preta, pink, modelo super charmoso pra sair à noite! E também tem a versão Pandora, ótima opção pra quem gosta de bolsa compacta, prática e muito charmosa, adoro viajar com bolsa assim! Os 4 modelos estão com preço especial no site e ainda chega a tempo pro dia dos namo!

Gostaram da seleção? Excelente oportunidade de você casualmente, assim como quem não quer nada, transmitir esse post praquele que você ama ou, melhor, pra você mesmo em qualquer ocasião do ano!

 

 

24 Looks da Beyoncé grávida de gêmeos!

30/05/2017  •  Por Thereza  •  Celebridades, Moda

Podemos dizer que Beyoncé é a mulher mais famosa do mundo? Acredito que sim. E quando a mulher mais famosa do mundo – e eventualmente bem reservada – compartilha os registros fotográficos de sua gravidez? É muito amor, obrigada Beyoncé!

beyoncé-grávida

Em fevereiro a cantora anunciou a sua gravidez de gêmeos e, enquanto não sabemos as cores adotadas como nomes, ficamos perplexos com os looks, pois às vezes parece que Bey nem tá grávida, dada a ousadia!

Fiz um apanhado dos 24 looks exibidos durante a gestação, seja num clique pro Insta ou num passeio pela quadra de basquete, Bey nos forneceu muito entretenimento, alguns memes e altas doses de estilo. Acompanhem!

beyoncé-grávida

Creio que os looks gestacionais tiveram o irrestrito apoio de: Gucci! A marca foi vista na maioria dos looks da cantora e ornou bem essa vibe ousada que eles vem imprimindo, com o estilo exótico enigmático da Bey!

E seja um look justinho, um vestidão vaporoso ou um decote proeminente, Beyoncé está a definição de flawless, com uma pele boa e uma alegria óbvia de que sua família ficará maior e mais poderosa.

beyoncé-grávida

E além dos looks poderosos, tivemos muita casualidade que dá aquele toque realidade que inspira nós, meros mortais. Jeans, blusinha escrito “gravidinha” e muito jeito de conforto, afinal, Beyoncé é Beyoncé, mas ainda não é de ferro e também é adepta de looks casuais, ainda que estilosos!

O que acharam dos looks ousados da cantora?!

Os 10 Mandamentos do Consumo

16/05/2017  •  Por Thereza  •  Moda

Vocês sabem que assuntos sobre business da moda é dos meus favoritos aqui no Fashionismo e acho que entender esse universo muitas vezes é mais importante do que saber da “trend alert” ou “looks por aí”. A gente consegue perfeitamente bem conviver com o universo do consumo, sem fechar os olhos pras mudanças de cenário, certo?

E junto a isso, uma nova cultura do consumo se cria. Marcas lançam cartilhas, outras se posicionam (umas de forma espontânea, outras nem tanto) e ainda tem aquelas que simplesmente deixam de existir por não conseguirem se encaixar nessa nova ordem mundial. O que vale nesse momento? Conhecimento. Entender, saber, assimilar, essa velocidade de informação tem um bem incrível que é  o de nos conscientizar de forma natural, quando vemos, , assimilamos.

Digo tudo isso, pois o Business of Fashion, site que adoro, criou junto com o Euromonitor (publicação que analisa o mercado de consumo global) uma cartilha do consumo, 10 mandamentos para empresas e consumidores incorporarem à vida, seja mudando hábitos ou cobrando das marcas que gostamos. Achei tão legal, que trouxe resumido pra cá!

1. Forneça transparência em suas práticas de negócios. O consumidor moderno tem sabido cada vez mais sobre questões ambientais e condições de trabalho, com isso, é importante deixar claro suas premissas e diretrizes. “Hoje em dia, transparência é mais uma expectativa que uma opção”. A geração millennial chega disposta a apenas consumir marcas conscientes e, o mais importante, sempre buscar o diálogo e ir além. O resultado é experiência de marca e isso é muito importante nos dias de hoje.

2. Demonstre autênticos valores de marca. Não basta se forçar a viver o momento mais consciente, mas sim demonstrar através de produtos que transmitam a história e cultura da marca. As pessoas tem se questionado cada vez mais sobre o que e por que comprar, com isso a “economia de experiência” pode ser bem traduzida com produtos autênticos. A matéria cita a Burberry como exemplo, a marca segue zelando pelos seus valores, seja através de produtos ícones, mas como a herança de estilo. “Autenticidade é a nova sensibilidade do consumidor e se torna um critério poderoso na hora da compra”.

3. Crie processos de sustentabilidade. Procure trabalhar cada vez mais com materiais sustentáveis. E, o principal, informe isso aos seus clientes. A Reformation, loja californiana super decolada e que trabalha reformando roupas de brechós em itens modernos é exemplo de case e de como marcas devem se posicionar.

4. Invista em tecnologia de varejo. Busque sempre inovações tecnológicas que vão incrementar a experiência de compra do cliente. “Uma marca pode ser deixada de lado pelos clientes apenas pelo fato dela ainda não ter se adaptado a um novo modelo de negócio que inclui não só compra online, mas também atuação nas redes sociais”. Nos novos tempos, marcas precisaram mais que nunca ligados aos influenciadores digitais e estes colaborando em transmitir seus valores.

5. Ajude os clientes a atingirem objetivos pessoais. Crie experiências que vão além da venda e que vão atingir objetivos inesperados e surpreendentes. Como exemplo, eles citam a Nike, que regularmente organiza experiências para clientes locais, tudo para foco no bem estar e um convívio paralelo de marca+consumidor.

6. Precifique seus produtos de forma clara. Em tempos de consumo desenfreado e busca por produtos cada vez mais baratos, é preciso treinar o consumidor a diferenciar o que de fato vale ao preço de uma peça. Sugere-se mostrar ao cliente o preço de custo do produto pra então contextualizar de fato seu valor e explicar que nem sempre o produto mais barato pode ser o melhor, especialmente os de origem questionável. É preciso justificar destacar o valor de um produto em tempos que busca-se mais por preço e menos por qualidade.

7. Forneça serviço eficiente. O consumidor moderno tem tido cada vez mais opções de marcas, com isso, marcas que agilizem o processo da compra e facilitem esse sistema saírão na frente. “Isso é mais do que apenas conveniência, mas cada vez mais sobre facilitar. O tempo se tornou um luxo no mundo conectado de hoje”. Já existem sistemas capazes de estudar seu perfil de estilo e depois disso criar um algoritmo pra facilitar sua compra e selecionar apenas produtos do seu perfil.

8. Fornecer experiências gera vendas. Já pensou quantas páginas e páginas de e-commerce existem pra gente comprar? E as milhares de lojas físicas sedentes pelo seu espaço? Com isso, as marcas precisam criar experiência, elas precisam nos atrair, nos cativar, criar ocasiões específicas e que gerem venda. Eles investem, a gente exige, mas compra no final.

9. Apoie a economia local. Brechós, lojas vintage, comprar roupa usada estará mais que na moda. Junto a isso, e-commerces como o Enjoei são um grande exemplo de como podemos comprar não só pelo viés da sustentabilidade, mas no aspecto de dividir experiências. A marca cita o Rent the Runway, site gringo que você pode alugar peças vindas diretas da passarela. Essa ideia precisa deixar de ser uma experiência pontual, mas se tornar algo comum.

10. Reconheça a individualidade de cada cliente. Não basta criar experiência pro cliente, mas é preciso um registro. E quase que literalmente falando, do couro monogramado da Vuitton ou jeans personalizado da J.Crew, as lojas devem fornecer essa marca registrada e identidade a cada produto. A marca que reconhecer e fornecer singularidade a cada cliente sairá na frente

Incrível como esse universo de consumo tem mudado nos últimos 3 anos, junto a isso nossa visão tem ficado mais criteriosa e exigente! Da parte dele, é preciso se reinventar, já da nossa parte, vale ficar de olho e apoiar aqueles que tem saído na frente e incorporado esses mandamentos!