AS MAIS
LIDAS!

Menstruação em tempos de meio ambiente e feminismo

14/03/2018  •  Por Thereza  •  Pense, Saúde

Vivemos uma revolução digital, técnologica, política e social. Estamos no meio de um turbilhão e presenciando um período decisivo para um amanhã melhor. Filosofias à parte, essa mudança chegou, quem diria, ao tradicional absorvente (eu ainda chamo de modess, mais alguém?! #idades).

E não estou falando apenas de inovações mais recentes, como os providenciais copinhos ou calcinhas absorvente, mas uma mudança maior e mais significativa.

Você sabia que usaremos 11 mil absorventes íntimos em nossa vida? E que por ano são usados mais de 100 bilhões de absorventes no mundo? Pois bem, de que ele basicamente é feito? De plásticos e aditivos químicos que prejudicam a natureza. Agora apesar desse resíduo não ser nem 1% do nosso lixo produzido no ano, é preciso ficar alerta para essas questões que envolvem os absorventes tradicionais (dizem até que eles são responsáveis por muitas doenças íntimas).

Absorvente orgânico

Com toda essa revolução e atenção ao meio ambiente, é mais do que natural uma nova percepção sobre uma questão muito comum. E, apesar dos primeiros terem sido mais caros e menos acessíveis, os absorventes orgânicos feitos apenas de algodão podem resolver não apenas questões de sustentabilidade, mas também nossa saúde íntima.

Agora sabe graças a que uma nova onda de marcas vem surgindo com foco num produto tão popular e necessário? Veja só, o feminismo. Você sabia que só recentemente que foi veiculado um anúncio de absorvente usando “líquido vermelho” (e não aquele azul de praxe)?! A menstruação é tabu, mas não deveria. Agora com essa era mais empoderada, tópicos como saúde íntima e a mais pura e bela arte de menstruar tem ganhado mais espaço, logo, o debate foi além.

Li uma matéria muito legal no BoF falando da quantidade de startups surgindo que buscam não apenas conscientizar, mas também modernizar esse universo que não tem crise, afinal, a gente sempre vai comprar algo pro nosso período. Separei alguns destaques:

Absorvente orgânico

LOLA

A ideia inicial da marca americana era criar um clube de assinatura de absorventes (outro novidade cada vez mais popular), mas logo descobriram que o FDA (órgão americano que controla remédios e similares) não exige que os fabricantes divulguem os ingredientes de um absorvente, com isso, eles viram um oportunidade de ser uma marca focando na transparência em divulgar seus ingredientes. O foco da empresa são produtos simples, sem toxinas, fragrâncias ou fibras sintéticas. Simples assim! Uma caixa com 12 absorventes custa em média U$9 (à partir do momento que você assinar o clube, vai ficando mais barato).

A empresa tem uma estética super cool e minimal e vai além, usa seus canais para criar uma conversa sobre menstruação e saúde reprodutiva, diferente da forma engessada que marcas tradicionais usam suas redes sociais. Pra ver como a ideia funciona bem, em pouco tempo de vida já tem quase 100k seguidores, enquanto a tradicional Tampax não chegou nem aos 20k.

CALLALY

A marca inglesa tem a mesma proposta da Lola, foco total nos produtos orgânicos. Eles usam sua marca como veículo para propagar o assunto e simplesmente humanizar um dos gestos mais humanos do mundo, a menstruação. Em suas redes sociais eles falam do mito do período perfeito (e da modelo perfeita usando absorvente) e ainda usam as #bloodnormal e #freeperiods para estender o debate e, claro, vender mais absorventes.

Outras marcas que tem o propósito similar: Totm (box de assinatura); Dame (aplicador reutilizável de absorvente interno, eles usam o slogan, “menstrue vermelho, pense verde”); Thinx (calcinha absorvente); Pantys (calcinha absorvente feita no Br); Flex (disposito menstrual flexível).

Absorvente orgânico

Estudos mostram que as consumidoras de absorventes ainda são muito tradicionais e tendem a comprar o mesmo produto e marca por anos e anos, mas sabe o que vem trazendo mais sucesso à essas novas marcas? Blogs e sites sobre o universo feminino abordando mais o tema, conscientizando suas leitoras e mostrando opções além do tradicional.

Por fim, a nova geração millennial é mais antenada e preocupada com o meio ambiente e sempre em busca de novas marcas, mostrando assim que um novo público está se formando e mexendo no até então intocável absorvente íntimo. Preparadas?

 




Para Usar Ja 728x90

AMARO Beachwear

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

20 Comentários
  1. Tatiana - 14/03/18 - 07h49

    complementando esse post tão importante: https://starving.com.br/2018/num-caso-de-amor-pelo-coletor-menstrual/ :)

    Responder
  2. SILVIA ELAINE DA SILVA - 14/03/18 - 10h02

    Amei demais o post! Já quero a minha Pantys

    Responder
  3. Angélica - 14/03/18 - 10h15

    Aderi as calcinhas no meu periodo menstrual e estou amando. Agora quero testar esses absorventes organicos

    Responder
    • Patricia - 14/03/18 - 13h40

      Não assa?

  4. Erika - 14/03/18 - 10h58

    Estou adorando os absorventes de “pano” da Korui. São lindinhos, duráveis e seguram meu fluxo intenso. Eles têm toda essa preocupação com o meio ambiente e é nacional. Fica a dica!

    Responder
  5. Gabriela Lopes - 14/03/18 - 11h45

    Ai gente, me deixem com meus absorventes!!!! rsrs

    Responder
    • Thereza - 14/03/18 - 13h14

      mas esses são absorventes tb! haha não muda o objeto em si, só a composição, melhor pra nossa saúde e meio ambiente :)

  6. Uynna Carla - 14/03/18 - 11h57

    Eu adorei o copinho! Queria ter testado a calcinha…mas agora já tenho o copinho e deu certo, não vou mudar por enquanto! Hehe
    Adorei o post, The

    Responder
  7. Patricia - 14/03/18 - 13h38

    Eu penso muito em adotar outras formas de absorventes, mas não me sinto segura mesmo a forma tradicional me trazendo problemas mensalmente. Se você pudesse continuar (ou indicar quem faça review desses produtos) seria muito legal, Thê! :smiley:

    Responder
  8. Natália Maria - 14/03/18 - 13h47

    Como funcionam essas calcinhas? Elas não deixam vazar e são laváveis e reutilizáveis, é isso?

    Responder
  9. Mary - 14/03/18 - 14h07

    O copinho mudou minha vida, eu recomendo.

    Responder
  10. Suriane - 14/03/18 - 14h09

    Também tenho curiosidade de testar outros métodos! Mas são tantas dúvidas hehe Não me adaptei ao copinho e agora estou buscando outras possibilidades… Sugestões? Quem já testou essas calcinhas ou algum destes novos absorventes recomenda algum?

    Responder
    • Erika - 14/03/18 - 19h30

      Então, passei por esse dilema e foi em um comentário em um blog que conheci os absorventes reutilizáveis. Tem várias marcas no Brasil já e gostei muito da Korui. Tem vários tamanhos e dois tipos de materiais e as estampas são fofas. Deu conta do meu fluxo e me sinto super bem em não estar produzindo esse lixo. ;)

  11. Mariana - 14/03/18 - 14h21

    eu acho curioso esse aplicador reutilizável, pq é bem coisa de americana… eu lembro q qdo fui lá era mais comum absorvente com aplicador do q o tipo OB, foi até pior pra achar pra comprar (nem tinha OB mini). o aplicador faz um lixo desnecessário msm, mas é curioso um aplicador reutilizável qdo dá pra usar o dedo mesmo

    Responder
  12. Vitória Gonçalves - 14/03/18 - 16h03

    realmente, acho que falar sobre, colocar o assunto em pauta e levar à quem não tem essas informações e tão importante quanto desenvolver produtos sustentáveis, mais naturais, inovadores.

    Responder
  13. Luísa Moura - 14/03/18 - 17h41

    Já to desejando uma pantys há vários meses e esse post me lembrou que tenho que comprar a minha!! obrigada, The!

    Responder
  14. Lívia - 16/03/18 - 08h33

    Melhor Blog!!!! :purple_heart: :purple_heart: :purple_heart:

    Responder
  15. Anne Machado - 26/03/18 - 21h31

    Eu acho super válidos esses movimentos pensando no meio ambiente a longo prazo

    Responder
  16. Ana Carolina - 09/04/18 - 11h04

    Oi Thereza! Cada dia mais viro sua fã! hahahaha. Amei o post e acho que está na hora de todas nós começarmos a discutir sobre nossa forma de consumo, mesmo que seja de um simples absorvente! Tem 2 anos que utilizo absorventes de pano reutilizáveis e super recomendo! Dá um pouquinho de trabalho ficar lavando, mas não é nada demais… bjs

    Responder