AS MAIS
LIDAS!

Therapiste da Kérastase, para cabelos Extremamente Sensibilizados (prazer, o meu!)

19/10/2017  •  Por Thereza  •  Beleza, Cabelos

Outro dia eu pintei o cabelo e saí sensivelmente mais loira. Não tradicionalmente loira, acho que aloirei demais. Dias depois pensei, “é acho que vou dar uma cortadinha no cabelo”. Não sei se é a lua, os hormônios ou uma sensibilidade qualquer, tem dia que os fios ficam mais macambúzios, sabe?

Daí eu fui cortar meu cabelo com a Dani Anjos (outro dia falei da minha rotina capilar aqui!) do Werner Exp Barra Shopping e, além de um corte providencial para, digamos, aparar as arestas, ela me sugeriu um tratamento, mais precisamente o Therapiste da Kérastase.

kerastase-therapiste

Já tinha feito ele algumas vezes, mas sempre voltava pra cauterização a frio. Eis que quando Dani me sugeriu o Therapiste, eu perguntei “Pra que serve?” e ela “Para cabelos extremamente sensibilizados” ou seja, recado anotado…

E no dia que fiz o tratamento, acrescido de um leve corte de cabelo, senti uma boa diferença, há tempos não fazia um procedimento tão eficiente, logo, virou post!

kerastase-therapiste

Será que o seu cabelo é minimamente sensibilizado? 

Você pinta muito o cabelo, faz muita escova, chapinha, babyliss e etc? Tem cabelos partidos, quebrados, pontas múltiplas? A prova cabal: você penteia o cabelo com os dedos e ele não passa (esse foi o meu termômetro!)? A escova então, nem penetra direto?! Pois bem, isso não é um cabelo desidratadinho, é um cabelo com um nível acima de sofrência.

Daí que entra o tal Therapiste, como ele funciona?

Ele renova a qualidade da fibra de cabelos superprocessados e quimicamente danificados, reparando profundamente os cabelos desde seu interior e ajudando a recuperar força e elasticidade, revitalizando e tonificando a fibra. Resumindo, ele, reconstrói o cabelo, sela as pontas, reativa o brilho e confere um toque sedoso.

O que eu achei?

Encorpou meu cabelo. De fato senti que a estrutura foi recomposta. Se antes meu fio estava quebradiço, agora parece que ficou robusto e isso resultou numa escova mais bonita e arrumada (aka não espigada).

Agora  ao mesmo tempo que é um tratamento a médio prazo, chega uma hora que você precisa parar de fazer no salão, mas seguir usando em casa (eventualmente, pois não gosto de repetir tratamento).

No salão fiz o pré-shampoo, shampoo e a máscara, já em casa vale usar o shampoo, mas acima de tudo investir na máscara. Eu ainda não comprei, mas sem dúvida entrou pra listinha para seguir com os cuidados caseiros.

Se alguém está com os fios sofridos e desidratados, é uma boa sugestão de tratamento de salão, mas caseiro também. Se já testou esse ou recomenda outro, me conta!

 

 


Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

3 Comentários
  1. Ju Freitas - 20/10/17 - 10h24

    Gente! Esse post me caiu como uma luva. Tô de mal do meu cabelo, rs, rs. Amei! Quero testar já!

    Responder
  2. Bárbara Adjuto - 20/10/17 - 10h30

    Tô precisando cuidar mais da minha jubinha, vou testa djá!!

    Responder
  3. fatimaX - 25/10/17 - 15h18

    Olá,
    Meu cabelo é como o seu, luzes em cima de luzes além de finos tem a progressiva q mesmo fazendo 1 vez por ano danifica demais. Pois bem testei esse tratamento no sábado passado e realmente é muito bom. Depois da escova nenhum arrepiadinho. O cheiro maravilhoso . Lavei o cabelo na terça e ainda consigo sentir o cheirinho dela. Meu cabeleireiro me disse que mesmo depois de lavar o produto continua agindo por alguns dia. É caro, mas rende. E foi um dos melhores tratamento q fiz.

    Responder