AS MAIS
LIDAS!

Da água pro vinho!

16/11/2011  •  Por Thereza  •  Chuck Bass, Pense, Vinho

Vamos mudar de assunto? Sei que o blog é sobre moda, beleza e celebs, mas se o blog também é sobre a blogueira e suas preferências, então nada mais justo – e natural – de falar de algo que amo, mas que não está necessariamente relacionado com moda e afins.

Quem me acompanha pelas redes sociais da vida sabe que adoro um bom vinho. Mais do que o simples prazer da ingestão etílica, aprendi a gostar do processo todo, com isso, consumir de maneira mais inteligente e profunda.                                                  

Tem uns 4 anos que entrei nessa, e entre outras coisas como nunca mais ter tido ressaca (te juro!) e o relacionamento ter melhorado muito (meu respectivo diminuiu a frequencia do “bar com os amigos”, afinal ele prefere degustar um vinho avec moi), parece que amadureci. Antes de começar a tomar vinho, sempre torcia o nariz, achava uma bebida quente e intragável, mas falava: “acho chique quem bebe”, e é exatamente esse tipo de comentário que recebo de diversas leitoras, também pedindo dicas pra iniciar nesse fantástico mundo de Bob Baco.

Com a minha humilde expertise, mas com o apoio total do noivo que é o grande entendido do assunto, elaboramos (post colaborativo <3) 5 dicas pra quem quer iniciar nesse mundo do vinho! Lembrando que são dicas aleatórios e complementares, ok? Afinal, vinho bom é o vinho que a gente gosta.

Comece por baixo: Não vá iniciar querendo fazer o Lula e experimentar um Romanée-Contizinho básico, comece com vinhos mais baratos (por mais investidora que você seja). Com certeza essas etapas irão educar seu paladar, e com isso você vai saber diferenciar o bom do simples, o leve do encorpado. E a graça de tomar vinho é justamente essa, ver o crescimento e aprendizado do seu paladar.

Cace os pontos: Referências são sempre bem-vindas e se você está começando e vai no mercado à procura de um bom vinho, muitos deles informam através de tags (ou no próprio rótulo) uma pontuacão, o que pode – pra quem está iniciando – ser uma referência segura.  Os tais pontos vem de críticos especializados de vinhos – tais como Robert Parker, Wine Enthusiast, Wine Spectator  – que possuem publicações oficiais e periodicamente pontuam tais rótulos, de acordo com preço, região e estilo.

Mas nada melhor do que procurar lojas específicas de vinho, pois além de terem profissionais especializados no assunto, a variedade é muito maior e o armazenamento é o mais correto, com isso o vinho não perde suas características essenciais.

Um novo mundo: O garçom te dá a carta de vinhos, que mais parece um livro, com 5000 rótulos, por onde começar? Geralmente sugere-se iniciar por vinhos do novo mundo, leia-se hemisfério sul e Estados Unidos (pode-se incluir um espanhol também).

Esses países trazem ótimos rótulos, numa boa relação custoXbenefício, e normalmente são vinhos mais simples e fáceis de se gostar. Eles são menos complexos e mais frutados, tornando-se unânimes nos paladares menos habituados. Com isso, conseguimos identificar, pelo paladar ou olfato, suas características, facilitando a apreciação e a ingestão completa, ou seja, você não desiste da garrafa pela metade e volta pro choppinho de sempre.

Detalhes fundamentais: Nada melhor que tomar um vinho em casa, harmonizar com o prato certo (nada de Doritos e afins) é fundamental e longe de ser uma frescura ou mero detalhe. Procure também encontrar a temperatura ideal  de acordo com o tipo do vinho, se for resfriá-lo, cuidado pois muito gelado pode esconder certos aromas, já vinho muito quente pode ficar mais doce e com álcool pronunciado, o que também não é bom.

Outro fator importante é a taça certa, nada de copo de requeijão ou taça colorida, o ideal é uma taça de cristal (não é caro e tem umas que não quebram, sério!) e se você gosta de caprichar, vale investir nas taças de acordo com o tipo de vinho. Além disso, um decanter especial faz toda a diferença, e porque não uma mini adega? Hoje em dia, estão cada vez mais baratas. Os acessórios complementam o ritual e fazem disso um acontecimento. Depois do seu enxoval de vinho pronto, chame os amigos pra fazer um queijos e vinhos, eles também funcionam pra conhecermos mais e mais rótulos!

Beba: Pode parecer contraditório, mas não existe nenhuma regra clara (né, Arnaldo?) pra degustação de vinho, apenas o simples exercício de beber e beber. Várias vezes nosso vinho de ontem, regou o almoço de hoje, já compramos vinhos bons, vinhos péssimos e inesquecíveis. Foi a prática, que nos levou à experiência e acho que é assim com todos aqueles que veem no vinho mais que um simples ato de beber alguns % de álcool.

Cheire, “mastigue”, saboreie, tente decifrar aromas e sabores (geralmente no rótulo tem a cola), garanto que essa é a parte mais bacana! E fundamental (além de ter +18 e não dirigir ao mesmo tempo), beba muita água entre cada gole, faz com que limpe seu paladar e valorize cada gota desse líquido dos Deuses!

E aí, quem curte o tema? Posso fazer mais posts assim! E quem tiver mais boas dicas sobre vinhos e afins, compartilhe com a gente!


AMARO Beachwear

Deixe seu comentário!
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

57 Comentários
  1. Carol - 16/11/11 - 05h06

    ótimo Thereza! adorei! desenvolvi intolerância a tanino mas sou fissurada por vinhos, graças ao meu pai. não bebo mas adoro ver o ritual de quem gosta, e até participo. cheiro mas não bebo. é mini tortura, mas melhor que nada. :)

    Responder
  2. Manu - 16/11/11 - 09h50

    Adorei Thereza! Também gosto de vinhos e o post foi muito útil! Parabéns pra você e pro noivo que ajudou! Beijos

    Responder
  3. Mel Salvi - 16/11/11 - 09h51

    Thê,
    Eu apenas provo os vinhos no melhor estilo enófilo, porque não bebo e o maridão acaba com a garrafa.
    Uma das coisas que melhorou muito nos últimos anos são os vinhos vendidos em mercados. Por R$40 se encontra um bom argentino ou chileno para começar a entender do assunto.
    bjks
    Mel

    P.S. Acho os americanoos MUITO caros para a qualidade.

    Responder
  4. Fernanda - 16/11/11 - 10h29

    Oi, The! Adorei o post! Não sou grande entendedora do assunto, mas gosto muito de vinho.
    Talvez por morar no RS, acabamos tendo contato com vinho com mais frequência e costume do que em outras regiões (frio!!!!!!!), seja os vinhos coloniais (imigração italiana forte no estado), seja mais refinados. Mas uma coisa que fui aprendendo com o passar do tempo é a harmonização do acompanhamento com o vinho, porque de início é só aquela coisa: vinho tinto com carne vermelha/massas, vinho branco com peixes/saladas/refeições mais leves; mas não exatamente qual queijo combina com qual vinho, dentre a variedade dos tintos qual combina melhor com qual carne, etc.
    E realmente os vinhos estão muito acessíveis hoje em dia, principalmente os de nossos vizinhos de América do Sul, tem vinhos chilenos e argentinos muito bons. Provei esses tempos alguns dos EUA, feitos na Califórnia, e adorei também, de uvas que não cultivamos aqui na metade sul do continente.
    Concordo que o canal é experimentar e ver o que mais lhe agrada, porque como disseste, vinho bom é o que a gente gosta.

    Responder
  5. nath - 16/11/11 - 10h36

    Nossa The, amei o post! Meu namorado também é todo trabalhado no vinho (haha), posts assim são incríveis!
    um beijo

    Responder
  6. Marília - 16/11/11 - 10h53

    Thereza, vc já foi para Mendoza???? Passei a gostar e entender mais de vinho depois que fui para lá… Eu amei! Vale super a pena se vc curte vinhos.

    Beijos

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h45

      nunca fui!! to doida pra fazer uma viagem dessas, deve ser incrivel, mas acho que agora em dezembro eu irei, mas principalmente pra degustar espumantes, dps conto aqui!

  7. Carol - 16/11/11 - 11h38

    Adorei The!Super compartilho desses prazeres etílicos!Adooooro quando vc fala neles pois me sinto “menina” novamente!Na minha turma eu e outra garota somos as únicas que bebem e por isso as vezes me sinto meio homem quando ela falta nos encontros com os amigos!kkkkkkkk.Mas enfim, choppssss à parte, adoroooo um bom vinho!Também aprendi a tomar com meu respectivo e hoje adoro já sei diferenciar o excelente do ruim e aprendi que sempre gosto dos vinhos mais encorpados!Delícia!

    Ótimo post The!Super diferenciado e chique!kkkk

    Beijos!

    Responder
  8. FashionStorm - 16/11/11 - 11h43

    The que ótimo o post! To largando a farra de vodca e whisky pra partir para algo mais “light” como um bom vinho!
    Gostei das dicas!

    bjs,
    FS

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h45

      o lado bom do vinho é que de fato tem menos teor alcoolico que um whisky, porem, infelizmente, é super calórico né, uó isso!

  9. Cássia - 16/11/11 - 11h44

    Amo um bom vinho. Numa SOS aqui perto de casa vende um ótimooooooo. Não fico um mês sem beber vinho. Dentre as bebidas alcólicas essa é a minha preferida.

    Responder
  10. Luciana - 16/11/11 - 11h52

    Eu adoro vinho. Mês passado fui para a Argentina e tomei um ótimo Catena Zapatta.

    Adoro os frisantes tb, para tomar enquanto cozinho.

    Responder
  11. PAULA - 16/11/11 - 12h23

    Vinho é a unica bebida alcoolica que tomo sem reclamar….

    Responder
  12. Sayonara - 16/11/11 - 12h53

    Adoro vinhos Thê! E consequentemente, adorei o post…
    Sou do tipo apreciadora não muito entendedora, mas procuro sempre ta me atualizando.
    Apoio ver mais posts sobre o assunto aqui no blog.
    beijoo

    Responder
  13. Silmara - 16/11/11 - 12h55

    The, eu adoro vinho. Gosto dos tintos suaves e tem um que o gosto e cheiro são ótimos e o preço é melhor ainda.
    VINHO GÓES / Tinto Suave
    Custa uns R$8,00. Maravilhoso!!!!

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h44

      Silmara, anotei essa dica, fiquei curiosa agora! Vou ate perguntar pro rodrigo
      tksss
      bjsss

  14. Le - 16/11/11 - 13h45

    The, adorei o post! Pode fazer sempre! Quem sabe o próximo com sugestões dos que tu gosta? =)

    Moro em Toronto (Canadá) e aqui é o governo que regula a venda de todas as bebidas alcólicas. Tem o lado ruim (monopólio) e o lado bom, que é poder desfrutar de vinhos de diversos locais do mundo! Recomendo pra quem tiver aqui conhecer, algumas lojas são fantásticas, tu se perde de tanta opção! http://www.lcbo.com/products/index.shtml

    O mais insano é ver quanto a gente paga caro no Brasil até em vinhos! Vários vinhos chilenos são mais caros em Porto Alegre do que Toronto! Casillero del Diablo Carmenere custa $11 dólares aqui, enquanto que no BR pagava uns R$35 reais!

    Beijos

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h44

      Que bom, lE!
      Nao sabia dessa questao politica dai, mas se for como os EUA deve ser bom, lembro que quando morei em NY tomava varios vinhos francesas por 30/40 dolares e aqui custava tipo 400 reais, era mto bom!!
      E o Casillero del Diablo é isso mesmo, no outro finde tomei o espumante e achei uma delícia, ja o vinho é super popular aqui, é qualquer mini mercado vende.

      Bjs!

  15. Menina Lamparina - 16/11/11 - 16h13

    Oi*

    Sou portuguesa e super fã do teu blog, que sigo com toda a atenção porque o visito com muita regularidade. Adoro o tom leve e despretensioso com que escreves, mas nunca comentei porque acho que o meu se pode perder por entre as centenas que tens em cada post.

    Agora… falar de vinhos sem falar dos vinhos portugueses? :D
    A nossa cultura em tascas, casas de fados, jantares caseiros, ocasiões especiais ou no quotidiano exige sempre a presença de um bom vinho.
    E não estou a falar de vinho do Porto ou da Madeira, refiro-me ao vinho tinto do Alentejo e do Ribatejo, aos verdes do Minho e aos espumantes da região da Bairrada.

    Tens que provar e partilhar a tua opinião sobre os grandes vinhos portugueses, internacionalmente premiados e de castas mundialmente apreciadas!

    Beijinhos*

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h42

      Olá! ADOREI seu comentário!
      Fiquei feliz mesmo, especialmente porque adoro vinhos portugueses ;)
      Inclusive, nao sei se conhece, mas essa primeira garrada da montagem é um vinho portugues muito bom!!
      Se chama blog mesmo, do Tiago Cabaço, já tomei várias vezes e adoro, sem contar o nome!
      http://www.tiagocabacowines.com/

      bjs!!

    • Menina Lamparina - 18/11/11 - 15h47

      Wow!! Acabo de conhecer um vinho Tuga num blog brasileiro ahahahahah Não conhecia, obrigada pela dica!! Pelos nomes atribuídos, parece-me uma marca recente e a malta cá é muito tradicional no que toca a vinhos. Vou experimentar!! Beijinho and keep on the wonderful work! :)*

  16. marcela souza - 16/11/11 - 16h27

    Devo confessar que não gosto de vinho, mas meus amigos e namorado amam e não dá pra ficar por fora quando o papo é de vinho. Mesmo sem saber muita coisa (obrigada pela dica, um km de caminho andado), sempre procuro me inteirar sobre o assunto e saber um pouco…vai que daqui algum tempo meu paladar mude e eu começo apreciar a bebida, daí tenho que saber alguns detalhes neh?
    beijos Thê e parabéns pelo post!
    http://blogdamarcelasouza.wordpress.com

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h39

      Claro, Marcela! Isso é coisa de fase tb, por mais que eu ame vinho, nos ultimos 2 meses tenho andado muito na onda de champagnes e afins, ate mesmo pra degustar pro casamento, sem contar o clima que sempre colabora!
      bjs!

  17. Amara - 16/11/11 - 16h39

    Estou no processo de passar para os vinhos “medianos”. Tbm já não tenho ressaca. Amo vinho e aprovo posts como esse.

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h38

      Muito legal notar a própria evolução, ne?
      E quanto à ressaca, mais do que tomar vinho x, é beber muuuita agua ;)

      bjs!

  18. Débora - 16/11/11 - 18h00

    Olá thê,

    Adorei o post… eu e marido tbm curtimos um vinho.. é como vc disse.. não ter medo de provar, ir com calma, nao ligar muito pro que dizem, pq o paladar é algo único.. concordo tbm com o comentario da outra leitora portuguesa: ADORO vinhos portugueses. Os verdes, os tintos alentejanos, sao muito saborosos e não pesam no bolso.. da pra conhecer tranquilo!!!
    Pode mandar mais desses…
    Bjs

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h37

      Que bom que gostou e que tb curte, Débora! Fiquei preocupada no início, de ser um post nada a ver, mas que bom que tem quem goste e principalmente, tem quem queira gostar.
      Quanto aos portugueses, tambem adoro, sempre quando quero ficar mais “alegrinha” peço pro Rodrigo comprar um portugues, pq sei que a maioria é mais encorpada.
      Inclusive, esse vinho chamado blog existe de fato e é portugues hehehehe, ganhei de presente dele ;))
      bjs!

  19. Caroline - 16/11/11 - 18h02

    Theeeee,adorei o post,otima idéia!ainda torço um pouco o nariz com vinhos,mas esse post me deixou curiosa para começar a experimentar mais!aaa,queria pedir um post sobre os biquinis desse veraaao,essas coisas!beijaaao!

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h33

      oi carol, agora ja nao tem mais tanta desculpa, viu!! e se precisar de outras dicas, pode perguntar.
      Quanto aos biquinis, vou fazer post sim, sem duvidas!
      bjsss

  20. Luísa Lage - 16/11/11 - 18h15

    Oi! Acompanho vários blogs diariamente e o seu sem dúvidas é o melhor! Nos outros blogs eu vou mais à procura de imagens do que dos textos (geralmente não tenho paciência), mas os seus eu sempre leio. Adorei o post sobre vinhos! Pode fazer mais neste estilo!
    Agora juro que senti falta das moçoilas das fotos que foram trocadas! =/

    Responder
    • Thereza - 16/11/11 - 18h32

      que comentário fofo, Luísa!
      Fico feliz, porque de fato o que mais gosto é escrever mesmo ;))

      Quanto às moças, no final do mes elas voltam!! Isso foi so pra celebrar a chegada da Sephora!
      Nao vivo sem as meninas das fotos huuhhu

  21. Roberta - 16/11/11 - 18h17

    ADOREEEEI!!!

    Responder
  22. Luísa Lage - 16/11/11 - 18h37

    Ah, que bom! Elas são a cara do blog, fashion mas despretensiosas sabe?! Bem, eu não faço esforço algum pra ser cool! hehehe (acho que você me entendeu)
    Beijos

    Responder
  23. Mayara - 16/11/11 - 19h59

    Ah Thereza, adorei o post, sempre quis provar vinho mas ai fico pensando q nao sei escolher por não conhecer bem e não saber se vai combinar a comida q vou pedir, ai termino desistindo, mas mesmo assim amei vc ter escrito sobre isso, quem sabe um dia eu me arrisco a pedir um! beijos ;*

    Responder
  24. Caroline - 16/11/11 - 20h53

    Adorei o post!!! Estou descobrindo que adoro vinho e, mais recentemente, adorei vinho do porto! Muito bom ver coisas do dia a dia também… amo o blog… continue inovando!!!! bjooo

    Responder
  25. Veronica - 16/11/11 - 21h15

    Olá Tereza…. não sou chegada a vinhos… mas estou passando para dizer que gostei muito do novo layout, do novo tema do site. Beijinhos!!!

    Responder
  26. Débora - 16/11/11 - 22h22

    Eu aaaaaaaaaamo vinho! E por mim pode continuar falando… quanto mais melhor!!

    Responder
  27. Mari - 16/11/11 - 22h26

    Thereza!! Que legal esse post! Acho que blog deve ser assim, pessoal, bem a sua cara mesmo!!! Eu adoro vinhos tb..e vc pode fazer mais post!!
    O blog é ótimo!!!!Parabéns!
    bjokssss

    Responder
  28. Milis - 16/11/11 - 22h59

    Eu confesso que não sou nada entendida quando o assunto é vinho, e gosto dos doces, mas tão doces, que parecem suco de uva! HAUHAUHAUHA! Mas concordo, também acho chique quem bebe – e entende… Não é meu caso! :(
    Beijinhos!

    Responder
  29. T.B. - 16/11/11 - 23h15

    Ui, esse fundo promocional by Sephora! Quase morri pensando que o site tinha sido desativado ou algo do tipo!

    Responder
  30. Soiis Rabelo - 16/11/11 - 23h40

    oba!!! este era um post que eu esperava!!!! ehehhehe E como sempre, vc manda muito bem! Concordo com muitos dos elogios direcionados ao blog e a vc thê! e ratifico um comentário, blog tem que ser pessoal! Procuramos não apenas referências de imagens e moda, mas opiniões sinceras sobre coisas do cotidiano. obrigada! beijão!

    Responder
  31. Mafe Furquim - 17/11/11 - 00h00

    Nunca consigo tomar vinho e sempre volto pro chop… Dei muita risada quando vc escreveu isso! Isso sem contar uma vez que fui num queijos e vinhos e roubei o Del Valle de uva que levaram pra criançada… hahahah #failtotal
    Mas adorei as dicas porque um dia eu ainda VOU aprender a gostar!

    Beijo The

    Responder
  32. Patricia - 17/11/11 - 08h41

    The, adoro seu blog, e adorei esse post em especial. Queria sugerir que vc nos desse dicas de como postar uma mesa tipo “queijos e vinhos”, qual queijo combina com “tal vinho”, a faca certa pra cortar aquele queijo, os tipos de taças mais adequadas, a disposição dos talheres e etc… eu costumo fazer aqui em casa pra receber os amigos, mais é uma coisa bem amadora mesmo rsrsrs, gostaria muito de recebê-los adequadamente. Bj

    Responder
  33. Gabriela - 17/11/11 - 13h29

    Foi um dos posts mais interessantes que já li aqui. Nada contra moda e afns que é uma das minhas paixões. Mas posts diferentes também aguçam os olhos e, nesse caso, paladar. Estou entrando nessa onda dos vinhos e me identifiquei super com as dicas hahaha. Parabéns pela ideia!

    Responder
  34. Denise - 17/11/11 - 16h32

    TheThe(haha), primeira vez que comento no blog que eu mais amo!! Estou me sentindo a intima, porque gostamos praticamente das mesmas coisas, e com o post do vinho terminou de completar rsrs eu e meu maridinho também amamosss vinhos e afins, adorarei novos post sobre esse assunto. Sabe o que faltou? dicas de alguns nomes do seus preferidos…bjosss

    Responder
  35. Mirian Pinheiro - 17/11/11 - 23h13

    Guriaaaa, adorei teu post, não entendo muito mas sou mega apreciadora de vinhos, tb aqui em Porto Alegre ou aderimos às opções quentes para o inverno ou não sobrevivemos à friáca, rs.
    O blog está muito show de cara nova, PARABÉNS!
    Bjks

    Responder
  36. Tais - 18/11/11 - 03h46

    Amei a matéria…não bebia e não entendi nada de vinho até ter ido morar na California. Morava perto de Napa Valley…uma região vinícula incrivel….e hoje sou uma apaixonada. Mas continuo sem enteder muito…hahaha

    Há uns meses me mudei para NY e começei um blog…dá uma passadinha lá, espero que goste: http://www.blogtabauer.com

    Bjs

    Responder
  37. Blog Descalça Em Paris - 18/11/11 - 12h07

    Adorei o post! A mesma coisa aconteceu comigo, eu não gostava de vinho, acabei aprendendo a tomar com a minha mãe! Ela sempre compra uns bons vinhos e toma aqui em casa, acabei pegando o costume de tomar com ela! Toda vez que eu janto fora agora (dependendo da comida, é claro), eu peço um vinho!
    Beijo,
    Paula
    Blog Descalça em Paris
    http://www.descalcaemparis.blogspot.com

    Responder
  38. Luiza - 19/11/11 - 00h35

    affkiviadagem !

    Responder
  39. Alice Marques - 19/11/11 - 20h43

    Otimas dicas Thereza adorei!

    Responder
  40. L. - 20/11/11 - 23h13

    Parei de ler em “você vai saber diferenciar o bom do simples”.

    O bom não pode ser simples?

    Responder
    • Thereza - 20/11/11 - 23h20

      Quando eu disse bom, quis dizer complexo, mas já que você parou de ler, provavelmente não entendeu a contextualização.

  41. Andreza - 22/11/11 - 19h56

    Adorei as dicas Thereza! Muito úteis!
    Li todos os comentários procurando dicas de vinhos que você indicaria para quem é leiga no assunto.
    Gosto muito de vinhos,principalmente os suaves(muito criticados, porém bem mais fácil de degustar do que o seco).
    Poderia dar umas indicações de rótulos?

    Responder
  42. Laiala Margonar - 04/12/11 - 17h41

    Ném me fale em vinho, sou muito fã, tomei na sexta um marca trevigiana Chardonnay, produção Cecchetto, frizzante molto buona,kkk
    mas que não sabia que custava 1.500 reais( isso quando minha mãe ganhou de um amigo italiano, trouxe pra ela da Itália) ,imagina o bafão que deu , kkkk

    ela brigou tanto, mas tanto, eu fui pro quarto rir, kkk , bebi uma garrafa cara sozinha e não sabia, kkkk
    Santa ignorância…

    Responder
  43. […] /* */ HomeSobre FFBlogsContatoPela banalização do ChampagneAno passado fiz um post sobre minha paixão pelos vinhos e como muitas leitoras pediram mais posts sobre o tema, volto com […]

    Responder
  44. Beatriz Vargas - 10/06/13 - 21h51

    ADOREI o post, o assunto é uma paixão e concordo com tudo!! Pode/deve continuar a explocar este mundinho delícia!!!

    Responder
  45. Marivone - 19/10/16 - 18h11

    Bárbaro! Amei!

    Responder