O poder de uma vitrine

05/08/2010  •  Por Thereza  •  Decorismo, Moda

Se tem uma coisa que – arquitetonicamente – me incomoda é quando algumas lojas insistem em esconder suas vitrines. Como assim!? Quando elas usam de algum artifício engenhoso pra sublimar o que tem que ser SEMPRE exibido: o recheio da vitrine.

E não tem essa de conceitualidade não, deixemos isso pra galerias de artes, eu quero ver é o que a loja tem pra me oferecer, logo de cara!

vitrine-topshop-london

Agora é lógico que não precisamos serguir o óbvio à risca. Não necessariamente com meia dúzia de manequins se faz uma boa vitrine (mas essa da Topshop tá uma graça), pelo contrário!

Existem inúmeras opções pra uma coleção e conceito serem exibidos e, principalmente, nos deixar com vontade de entrar na loja e se integrar ao ambiente convidativo (por isso que a contratação de um vitrinista é fundamental, nada de improviso).

vitrine-gap-vancouver

A loja da Gap em Vancouver é um exemplo interessante desse capricho, dos manequins às sacolas invertidas. Quem não gostaria de entrar nessa loja pra saber o desenrolar (e o porquê) do conceito adotado?!

Agora se tem um cara que entende de marketing é o Marc Jacobs! As lojas dele na Bleecker st. em Nova York sempre tem uma temática que nos convidam ao consumo (e como boa turista, uma fotinho com a vitrine ao fundo!).

vitrine-marc-jacobs
Ano passado vi umas 4 vitrines diferentes (daí as fotos caseiras), que sempre me passaram um tema, seja de clima de natal ou do lançamente de um produto (no caso, o perfume Lola). Enfim, me hipnotizaram fizeram querer entrar!

vitrines-ny

Sinto que aqui no Brasil, muitas lojas ainda não tem esse cuidado, há muito desperdício e mau uso do espaço. E não falo só de lojinhas de bairro, mas sim de muitas lojas famosas. Um dias desses vou sair por aí fotografando tudo de bom (e de ruim) que aparecer pela frente! Quem tiver dicas, pode falar!

vitrine-dior-ny1

Agora esse post surgiu depois que vi essa vitrine, ops, TAPUME, que está atualmente na loja da Dior da 57th st. em NY, que está em obras. Amei a idéia da Lady Dior servir de tapume de obra, na minha época de obra era um compensado reutilizado e olhe lá!

Agora um adendo arquitetônico: esse prédio da Dior foi feito pelo meu ex-chefe, o arquiteto francês Christian de Portzamparc! Essa construção já recebeu vários prêmios e foi considerada um dos grandes projetos arquitetônicos contruídos em NY nos últimos anos! Vale muito a visita!

Este blog adora comentários (:
*Preenchimento obrigatório (seu email não será divulgado).
Quer que a sua foto apareça no comentário? Clique aqui e cadastre-se!

65 Comentários
  1. Marina - 05/08/10 - 17h15
    como assim vc já teve o Christian de Portzamparc como seu chefe??? sério mesmo? preciso saber mais sobre isso!! no Rio, mesmo?
    Responder
    • Thereza - 05/08/10 - 17h22
      Marina, sou chique benheee
      brinks

      O Christian foi o arquiteto responsável pela obra que trabalhei durante 4 anos aqui no Rio, a Cidade da Música!!
      Super incrível, projetão!

  2. Leska - 05/08/10 - 17h19
    A vitrine da Diesel foi sencaional, ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii.

    Eles foram ousados e suuuper criativos.

    Bjkssss

    Responder
  3. Danilo - 05/08/10 - 17h22
    as do MJ são sensacionais! mas, alguns preços mesmo com as melhores vitrines, deixa pra a próxima HAHAHAH

    http://www.fashionistasconsumistas.wordpress.com

    Responder
  4. Marina - 05/08/10 - 17h26
    nossa, que tudooo!!! babei de inveja boa aqui! hehehehe
    bem que eu via vc falar bastante da cidade da música pelo twitter… e, realmente, que projetão!! corri pra olhar na página dele de novo! assim que ficar pronto, vou dar um jeito de ir olhar no Rio!
    e ele, como é?? gente fina ou inacessível? hahaha ;)
    Responder
    • Thereza - 05/08/10 - 17h50
      super gente fina!!
      tenho várias fotos com ele, a sala dele era do lado da minha
      mas ele so vinha pro brasil a cada 3 meses, e a mulher dele é super brasileiraaa
      la no orkut tem foto hehehe
      bjsss
  5. Luzia - 05/08/10 - 17h27
    Verdade! Vitrines são essencias ! Afinal, elas não servem pra atrair as consumidoras e ganhar o cliente? Em shopping se vê muito isso… uma vitrine tentando chamar mais atenção que outras. Mas pergunto eu, porque que em épocas de liquidação TODAS as lojas deixam as manequins nuas ou só sacolas em exposição? Pode pôr grande LIQUIDAÇÃO ( SALE ou OFF não,acho apelar pro ingrêz ridiculo!) mas mostra alguma coisa!
    Uma dica de vitrine ruim por aqui: A Maria Bonita Extra de Salvador VIVE com uma faixa vermelha bem grossa no meio que não dá pra ver nada e uma iluminação pobre que não da nem vontade de entrar!
    Parabéns pelo blog! Beijobeijo!
    Responder
  6. Pat Camargo - 05/08/10 - 17h30
    Amo vitrines, fico babando com uma vitrine criativa. Aqui em SP eu sempre fico babando com as da Farm, acho cheias de bossa.
    Beijos e parabens pelo Glamurama
    Responder
  7. De Viés - 05/08/10 - 17h32
    Concordo com vc, a vitrine é essencial numa loja! Esse tapume da Dior me lembrou a loja da Louis Vuitton no Champs Elysées, que é um prédio enorme e em 2005 foi TODO coberto com uma mala gigante com o monograma. Chiqueza! ;)

    Beeeijos

    Bel

    Responder
  8. Bruna Oliveira - 05/08/10 - 17h34
    Lembrei de um episódio de Project Runway, acho que da segunda temporada, que os designers tinham que criar vitrines pras roupas, e o povo elegia a melhor criação. Coincidência (ou não), mas a vitrine mais criativa também ganhou como melhor roupa.
    Responder
  9. gisele - 05/08/10 - 17h38
    a vitrine é o chamariz da loja, acho q as marcas se esqueceram disto e nao dao mais valor! uma vitrine que amei foi a da Harrods em Londres!! simplesmente DEMAIS de criativa!!bjss
    Responder
  10. bianca - 05/08/10 - 17h41
    Adorei a da Gap… me deixou bem curiosa, eu entraria, com certeza!
    Muito chic o tapume da Dior!
    Responder
  11. Diana - 05/08/10 - 17h43
    Estou apaixonada por esse post! A vitrine tem que chamar a atenção do cliente, instigando uma mega curiosidade a entrar na loja!!
    Que vitrines maravilhosas! Amei a do Jacob e a da Dior!
    =)
    Responder
  12. Thiara - 05/08/10 - 18h00
    Amei as vitrines e o post mas o tapume da Dior é o que mais me impressionou!! Hahaha

    Por falar nisso, você não está mais trabalhando com arquitetura?

    Beeeijos

    Responder
  13. Amanda Britto - 05/08/10 - 18h27
    eu vi esse tapume da dior!! o maximo!!! e ameiiii essa da gap de vancouver!!! genial!!! otimo post the!! as always!!
    beijaooo
    mandy
    Responder
  14. Rafaela - 05/08/10 - 18h29
    Oi Thereza e leitoras do Fashionismo! Tem blog novo que acabou de sair do forno! http://www.modearoundtheglobe.wordpress.com vale a pena conferir!!
    Responder
  15. Alice Désirée - 05/08/10 - 18h55
    Adoro vitrines criativas mas essa da GAP fugiu completamente dos padrões criativos e foi pro padrão de loucura, n gostei n…
    =1
    Responder
  16. Camyla Mendes - 05/08/10 - 19h32
    É uma pena que aqui no Brasil as empresas não dão o devido valor que as vitrines merecem, elas são um instrumento tão importante, o primeiro contato que o consumidor tem com a marca e, mesmo assim, a gente só vê as mesmas coisas nas lojas por aqui. As imagens do post tão super lindas!
    Responder
  17. Camila Alves Bovi - 05/08/10 - 19h42
    Sou louca por vitrines bem feitas também! Acho que é o espaço onde a marca pode dizer a que veio e deve ser muitíssimo bem aproveitado! No Brasil, são raras as vitrines que merecem uma segunda olhada… Uma pena!
    Beijinhos!
    Responder
  18. Ana Carolina - 05/08/10 - 19h56
    Muito bom esse post!
    Responder
  19. Naama - 05/08/10 - 20h09
    Gentee, trabalho no Bom Retiro e lá as vitrines sao um ARRASO!! ontem mesmo estava danda uma voltinha e babando no cuidado com que as pessoas tratam as vitrines, mas assim o cuidado é só com a vitrine, pq o atendimento é uma droga e se vc nao tem CNPJ e IE nem adianta pq eles só vendem a partir de 12 (ou 24) pecas… aiaiai
    Parece que foram os coreanos que levaram o conceito de “vitrine escandalo” para lá. Eu AMO!!
    Responder
  20. Marina Safady - 05/08/10 - 20h22
    IA Meu Deus.. Produzi uma vitrini praticamente identica aquela primeira, arcoiris, para um trabalho da faculdade !!!
    Responder
  21. Fê Kowalski - 05/08/10 - 20h54
    Eu não entendo o que faz uma pessoa tampar completamente ou parcialmente uma vitrine, afinal esse é o “cartao de visita” da loja. Eles não entendem que com tantas opções de lojas em shoppings por exemplo, obviamente iremos deixar nossa curiosidade de lado e iremos nas lojas com vitrines que mostrem algo que realmente valha a pena entrar para ver. E se o objetivo das lojas é nós deixar com dor nas costas em época de liquidação ao nos contorcermos para tentarmos ver algo entre as faixas imensas das vitrines, elas conseguiram.
    Mas se tratando de vitrines irressistiveis não podemos deixar de citar as lojas Louis Vuitton, que são uma mistura do retrô com o futurismo, principalmente as do Japão!
    Gostei muito do blog, com certeza visitarei mais vezes.
    Beijinhos.
    Responder
  22. isabel - 05/08/10 - 21h34
    Ai, como eu AMO uma vitrine bem feita, bem arrumada e criativa!
    Responder
  23. Ludmila Sobral - 05/08/10 - 21h53
    AS mais lindas que vi foram no Bal Harbour shops em miami recomendo!!!vitrines de babar..!! as da 5 avenida nem se falam…..mas as do bal amei mesmo!
    Responder
  24. Gisely Chessed - 05/08/10 - 22h10
    Como visual merchandiser e blogueira de vitrines, concordo com 100% do seu post. Por mais que a vitrine seja responsável por até 70% das vendas de uma loja aqui no Brasil ela é extremamente negligenciada. Até na Hadock Lobo, com suas lojas de luxo é possível ver piso descascando, adesivos, fios soltos… Eu adoro as vitrines da Cavalera e da Dior, claro.bjss
    Responder
  25. Luana Garrido - 05/08/10 - 22h44
    Nossa, acho que eu nunca tinha reparado na vitrine.. quer dizer, olhava as roupas, via se alguma interessava e saia ou entrava na loja. Mas nos conceitos da vitrine/manequins e afins NUNCA. ps: a da GAP foi a mh preferida.
    Responder
  26. Luana - 05/08/10 - 22h59
    Concordo em gênero, número e grau!
    O cuidado com a vitrine deve começar com o arquiteto, no projeto da loja e seguir com um vitrinista, mas eu acho que a loja não pode virar escrava do mesmo. Perder vendas porque não pode mexer na vitrine é ridículo (passei por isso na Espaço Fashion)!
    Responder
  27. Pollyanna Cabral - 05/08/10 - 23h29
    Minha mãe deve preferir as lojas que a vitrine NÃO me convidade, HAHAHA
    MUITO legal o post :)
    Responder
  28. Jalu Ferreira - 05/08/10 - 23h47
    Oh The, é por isso que adoro o blog, sempre tão instrutivo e divertido, sem ‘post enche linguiça’ kkkkkk
    Responder
  29. Nanda - 06/08/10 - 00h22
    Parabéns pelo post! Adorei!
    Eu sou de Salvador e, acredito que ai no rio tb tem um grande problema com relacao as vitrines pq, ao mesmo tempo que elas devem ser vistas e convidadtivas, devem tb proteger (tanto a loja qto os produtos expostos) da luz solar, e poxa, eu fico besta como os arqutetos nao conseguem tirar partido desse “problema” para deixar a vitrine ainda mais interessante (tirando uma ou outra, é claro). Enfim, é so um desabafo! =]
    Responder
  30. Luciana Monteiro - 06/08/10 - 08h38
    quando estavam construindo a nova loja da louis vuitton em uma esquina da champs élysées o tapume era uma mala GIGANTE, tipo 4 andares, fiquei boba de ver pq realmente não se vê coisas desse tipo no Brasil!
    Responder
  31. Marcia - 06/08/10 - 10h25
    Vc é uma craque Thereza, em arquitetura e como blogueira…
    Trabalhar com o Christian de Portzamparc e na sequencia o Fashionismo no Glamurama…
    Bjusssssssssss
    Responder
  32. […] This post was mentioned on Twitter by Thereza Chammas, Carla Carvalho and Dalila Têxtil, Laís Marinho. Laís Marinho said: RT @fashionismo: Post novo: http://www.fashionismo.com.br/2010/08/o-poder-de-uma-vitrine/ por vitrines menos ordinárias! […]
    Responder
  33. Alessandra Prysthon - 06/08/10 - 12h43
    Thereza,
    Adorei esse post!!! e eu como também arquiteta e apaixonada por arquitetura comercial gostaria de ver mais posts sobre o assunto aqui no seu blog!
    Beijooo
    Responder
  34. Rafael Barreto - 06/08/10 - 13h31
    Vitrines deveria ser cartões postais de qualquer lugar. Bom como se diz o ditado: A primeira impressão é a que conta”( concordam?), vale sempre a pena em investir em Vitrines.

    PS: The! meu new blog já esta em andamento, (adoooro) e sabe qual é a vantagem de ter um irmão web designer, heheh um blog THE BEST!

    Responder
  35. Marcela - 06/08/10 - 13h39
    Quer ver vitrines de arrasar pelo mundo? Entra no vitrinevoyer.com, eles arrasammm
    Responder
  36. Natty - 06/08/10 - 13h57
    realemente as vitrines no exterior são incriveis e super chamativas…diferente de alguns lugares como o…deixa pra lá. ahh aproveitando o momento…encontrei um blog super legal…e acho q eles tem potêncial…http://blogmaterialworld.wordpress.com/
    eles ainda estão começando…principalmente com a moda feminina…mais eu achei eles espirituosos!
    beijos
    Responder
  37. tici saad - 06/08/10 - 14h15
    Oi,
    Adorei o post…eu sou super fisgada por vitrines…se a vitrine estiver muito chocha nem entro….adoro!!!!Sou fissurada nas vitrines de NYC por que ela mostram as roupas enão são tão conceituais quanto Paris por exemplo…..Faltam belas votrines no Brasil!!!!
    Bjks
    Responder
  38. Helen - 06/08/10 - 15h06
    A pernambucanas da minha cidade (podem rir, mas é uma das unicas lojas de departamentos daqui) apostou numa vitirne (não era exatamente uma vitrine, mas manequins na entrada da loja) com tendencia militar. É a primeira que vi ela fazendo algo desse tipo, e eu fiquei boba. Tive até vontade de fazer parte da equipe criativa da loja rs.
    Responder
  39. Camila dos Santos - 06/08/10 - 15h10
    Thereza, fugindo um pouco do assunto do post: tenho duas sugestões-pedidos de posts: com o combinar prata e dourado e marrom e preto.
    beijos e sucesso!
    Responder
  40. Carol - 06/08/10 - 15h26
    as vitrines da Topshop sempre são lindas *-*
    a minha mãe que fez decoração sempre fala sobre a questão da vitrine, qndo ela passa em lojas e está feio, ela já vai falando.. HAHA

    beeijo;*

    Responder
  41. shirley lahti - 06/08/10 - 15h28
    que lindoooo seu cantinho!! e vc escreve que é uma beleza!! eu não tenho essa santa ”pasciência”hahaha

    shirley lahti.

    Responder
  42. Andressa Cunha - 06/08/10 - 15h36
    Olá Tereza, participei de uma temporada trabalhando na Farm e uma coisa interessante que eu escutei numa palestra do próprio dono da marca é que agora existe um novo conceito de vitrine, não ter vitrine! Tanto que todas as lojas foram reformadas para retira-las. Vale a pena conferir quando vc for fazer sua pesquisa por vitrines de lojas aqui no Brasil =)
    Beeeijo
    Responder
  43. Ana Carolina - 06/08/10 - 15h59
    Adoro vitrines, se não me chamar atenção pra algo eu nem olho o nome da loja.Já passei reto de lojas famosas pq não fui com a cara da vitrine.
    Um dos trabalhos que eu quero é vitrinista, deve ser um sonho ^^
    Responder
  44. Camila - 06/08/10 - 16h23
    Com certeza a vitrine é um dos itens mais importantes para o sucesso de uma loja.Isso que atrai o cliente…
    Amei o post…
    Bjus*
    Responder
  45. camila rosa - 06/08/10 - 16h35
    Oi Guria!
    Passei pelo teu blog e adorei!
    virei seguidora…
    passa lá no meu ;)

    Beijos
    http://camilinhavrosa.blogspot.com/

    Responder
  46. Giulia Drumond - 06/08/10 - 17h00
    Eu não sei se vc já viu mas tem um blog de vitrines (vitrinevoyeur.com) que tem cada vitrine escândalo!
    adorei o post
    Responder
  47. Geri Lopes - 06/08/10 - 19h00
    Thereza, concordo plenamente com tudoo! Grandes lojas às vezes se escondem atrás de más vitrines e agente acaba por nem entrar mesmo! Mas quando a vitrine é convidativa a conversa é outra! beijosss
    Responder
  48. Beatriz Medeiros - 06/08/10 - 19h21
    Adoro essa criatividade durante as obras! Quando eu fui a Paris, em 2004, a Louis Vuitton da Champs Elyseés tava sendo construída/reformada/expandida (não sei ao certo). Eis que durante a minha andança eu me deparei com uma bolsa LV de cerejinhas IMENSA: era aquela rede de proteção que ‘envolve’ o prédio toda estampada como uma bolsa. Tava lindo e me deixou com mais vontade de visitar a loja quando ficasse pronta (o que não deu tempo de fazer =/). Foi um dos marcos da viagem! haha
    Responder
  49. Beatriz Medeiros - 06/08/10 - 19h22
    Ih, 2004 não. 2005!
    Responder
  50. Manoella - Blog In-vestindo - 06/08/10 - 22h59
    Adoro vitrines.
    Hoje fui pra Porto Alegre trabalhar e vi que a vitrine da M.Officer de lá é totalmente diferente da de Floripa. A daqui é bonita, bem cuidada, e a de lá é tudo jogado, mal pensado, não valoriza as roupas… faz uma diferença!!!!
    Beijos

    Manoella
    in-vestindo.blogspot.com

    Responder
  51. Thicy Medeiros - 07/08/10 - 00h05
    aiiin eu amei todas, principalmente a da Dior!
    amei o blog também! :**
    Responder
  52. AiCansei! - 07/08/10 - 01h21
    oioi vim aqui divulgar o aicansei.com
    Brechó/loja online com novidades todos os dias!
    Confira!
    Responder
  53. Bia Tinôco - 07/08/10 - 13h55
    Duas vitrines que sempre acho lindas são a da FARM e da Dress To!
    Responder
  54. kelly - 07/08/10 - 21h01
    obrigado pelo post! meu tcc é sobre vitrinismo!
    Responder
  55. Isa - 08/08/10 - 00h47
    nossa, super concordo com vc, Thereza.
    como consumidora, se a vitrine não for apelativa, nem me dou ao trabalho de entrar na loja.
    e como profissional -sou produtora de moda- sei exatamente o que esperar da coleção ao vê-la retratada na vitrine, o que me poupa tempo na hora de fazer alguma produção.
    mas me alegra muito ver que, cada vez mais, as marcas tão se preocupando com a parte de visual merchandising das suas lojas (e não só com as suas vitrines).
    concordo que vitrine bem feita e de acordo com a proposta da coleção é ótimo, mas se o resto da loja não acompanhar, não adianta, né?! e nem precisa mudar toda a decoração, não… mas dar certas ‘pinceladas’, pra ambientar melhor as araras.
    gosto muito das vitrines da maria filó, leeloo, dress to, mara mac, zara, avec nuance, entre outras.
    uma que me chamou bastante atenção é a da via mia, principalmente a da loja do rio sul, que tem formigas liiiiindas subindo pelas paredes. o tema deles é pic nic. suuuuuper vale a pena dar uma olhadinha básica!

    ah, e realmente adoro seu blog.
    (desculpa pelo texto, me empolgo um pouquinho demais!! :-D)

    Responder
  56. Marina - 08/08/10 - 01h07
    Thereza, concordo muito com vc !
    As lojas mais finas da minha cidade não aproveitam NADA as vitrines, e não é por falta de espaço ou dinheiro… deve ser falta de idéia!

    Beijão pra vc

    Responder
  57. […] das vitrines super-montadas (como a Thé, do Fashionismo, muito bem falou aqui), se tem uma coisa que eu adoro olhar são os truques de styling que as boas lojas nos oferecem. Em […]
    Responder
  58. Janela Sasazaki - 11/08/10 - 20h48
    Estamos nos especializando também em criação e desenvolvimento de vitrines. Achamos isso sensacional
    Responder
  59. […] a ambientação, e a preocupação estética é fundamental pra qualquer loja dar certo. Lembram do post da vitrine, né? E na Alice Disse é bem isso, o convite ao consumo é instantâneo, é tudo bem fofo e leva o […]
    Responder
  60. […] vez fiz um post sobre a importância do BOM uso de uma vitrine pro sucesso de uma loja. Hoje vou além, falo sobre […]
    Responder
  61. Nicolau Francis - 12/04/12 - 10h30
    As Vitrines é uma ciência, retrata o reflexo social da economia e das mercadorias, sua apresentação tem uma plurissignificação muito abrangente que não limita sua temática, há muitos espaços dentro da Arqueologia do Urbano, para serem exploradas com o conceito de vitrine. Infelizmente não muito explorada entre nós.
    Responder
  62. Larissa - 28/05/12 - 11h57
    Curtam nossa página com dicas bacanas de vitrne e fique antenado com as últimas tendências de VM!

    https://www.facebook.com/VitrineDeModa

    Responder
  63. AlterGirus - 24/10/13 - 15h47
    Sem dúvida alguma uma vitrine bonita é muito importante para a loja.
    Responder